sexta-feira, 23 de maio de 2008

Avião da TAM arremete em Ilhéus

Um Airbus A319 da TAM, que fazia o vôo 3661, com 110 passageiros a bordo, arremeteu por volta das 14h30 desta quinta-feira, 22, na cidade de Ilhéus, sul da Bahia. Os passageiros foram informados que a aeronave apresentou problemas técnicos. Um deles ouviu do rádio-escuta de um funcionário da companhia que a falha mecânica teria ocorrido em um dos reversos das turbinas. A pane é a mesma que provocou o grave acidente ocorrido em Congonhas, em julho do ano passado.

A aeronave, prefixo PR-MAM, saiu de Salvador às 14h10 rumo a São Paulo, com escala em Ilhéus. Devido ao problema técnico, o piloto foi obrigado a abortar o pouso e voltar para o aeroporto internacional de Salvador. Segundo os passageiros, o piloto não tentou um pouso de emergência em Ilhéus porque a pista do aeroporto da cidade é curta. "Poderíamos ter caído no mar", afirmou o engenheiro Valter Cajazeiras. O avião retornou a Salvador por volta das 15h30 e parou no meio da pista. Unidades de emergências e corpo de bombeiros já haviam sido acionados e estavam a postos na pista no momento do pouso.

De acordo relato de alguns passageiros, durante a viagem de volta à capital baiana, que durou 30 minutos, o avião permaneceu em vôo baixo por algum tempo, o que deixou algumas pessoas assustadas. "A diferença de Congonhas é que agora estou concedendo entrevista", disse a psicanalista Mônica Veras, dimensionando o susto que o incidente causou.

Despressurização

Na quarta-feira, 21, outra aernovave da TAM, vôo 3511, sofreu uma despressurização e solicitou autorização para realizar algumas órbitas no Aeroporto de Confins (MG) para avaliar a situação.

Outro

Há uma semana outro avião da TAM também teria apresentado problemas no reverso obrigando o piloto a arremeter. A reportagem não conseguiu entrar em contato com TAM. Os funcionários da companhia no aeroporto internacional de Salvador disseram que não poderiam conceder informações sobre o incidente e a assessoria de comunicação não funcionou no feriado.

Fontes: A Tarde (Nota: editado o modelo da aeronave) / Site Desastres Aéreos

8 comentários:

Matheus disse...

brincadeira isso que a tam está fazendo com seus passageiros.

a pouco tempo atras eu viajei por ela no percuso Recife - Joao Pessoa, e aconteceu um problema na aeronave antes da partida, fiquei 2h esperando em recife para voltar pra casa. Será que eles vao esperar outro airbus cair e matar todo mundo, para se tomar uma providencia.

é de se indignar.

Bihna disse...

Matheus ja caiu um e mato todo mundo
e ai fizeram a mesma coisa, não!
ai ai viu, sem comentarios pra aviação brasileira! uma M...
ta loco!

Isaac Cavalcante disse...

Como se isso fosse exclusividade da Tam , notícia sensacionalista do caramba , querem amendontrar os passsageiros pra vender jornal !

Clarissa disse...

por favor....ate parec e que é só na tam..isso acontece diariamente com vaaaaarios aviões de vaarias companhias...qualquer coisinha ja fazem um alarde

Anônimo disse...

Oooooo "noticiazinha" sensacionalista! brincadeira, o imprensa podre! procedimentos absolutamente normais, corriqueiros e que acontecem TODOS OS DIAS em TODAS AS COMPANHIAS... deixem de ser bizarros com estas reportagens esdrúxulas !

Anônimo disse...

Em meados de 2008 um A320 da TAM pousou em Recife e parou no meio da pista. Todos os passageiros tiveram que descer de imediato por escadas improvisadas. Do local onde parou (no meio da pista de pouso) teve que ser rebocado até o pátio por meio de um trator da empresa. Conclusão: era pane seca mesmo - não tinha mais combustível nem para taxiar. Vou localizar a data e o relatório para ser postado aqui pelo nosso colega Jorge Tadeu.

Anônimo disse...

Com certeza essas pessoas que estão defendendo tanto a TAM, são funcionários. Queridos, aqui deixo uma pergunta: Será que se vocês tivessesm alguém como vítima de um acidente aéreo na TAM, vocês defenderiam assim? Irmão, uma vida não tem preço, quando você terá o ente perdido de volta? O que comentaram acima, não é querer sujar a empresa e sim alertar para que eles façam manutenções mais constantes, principalmente antes de liberar o avião para decolar.

Jorge Tadeu disse...

Arremetidas e colisões com pássaros são fatos corriqueiros? Sim, são. Os passageiros encaram isso com tranquilidade? Não. É notícia? Sim, é notícia, a despeito da opnião dos supostos "experts" em aviação.
Saúde e paz!
Abraços!