Mostrando postagens com marcador OVNI. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador OVNI. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Notícias do Dia

Recuperação econômica do setor aéreo será lenta, avalia especialista

Brasil deve fechar outubro com 50% da malha aérea em operação

Azul torna-se membro de associação de empresas aéreas da América Latina

Embraer entrega seis super-tucanos à Força Aérea das Filipinas

Universidade Infraero está com inscrições abertas para cursos de segurança na aviação civil

Mercado de gasolina de aviação no Brasil foi interrompido em meio a preocupações de qualidade

Aviação se une para ajudar bebê que luta contra o tempo

“Grandes prejuízos” diz presidente da Acic sobre situação do aeroporto de Chapecó

Aeroagrícolas realizam treinamentos para início da safra



terça-feira, 13 de outubro de 2020

Caso Bariloche: Governo argentino libera documento de famoso caso de óvni

Em 1995, um voo da Aerolíneas Argentinas foi “interceptado” por um objeto voador não-identificado quando estava pousando no aeroporto da cidade de Bariloche.

Quase três anos após a entrada em vigor da lei que permitiu o acesso aos documentos públicos na Argentina, o Ministério da Defesa argentino liberou nesta sexta (18/9) uma série de materiais relacionados à investigação oficial do chamado “Caso Bariloche”, como ficou conhecido o avistamento de um objeto voador não identificado (óvni) em 1995.

Clique AQUI para acessar o documento completo

Um avião da empresa Aerolineas Argentinas que estava prestes a pousar em San Carlos de Bariloche, na Patagônia argentina, foi interceptado por um óvni que o obrigou a realizar uma manobra de fuga, segundo informa o piloto Jorge Polanco no documento que deixou de ser secreto, citado pelo jornal Diario Popular.

O evento ocorreu entre 20h17 e 20h31 do dia 31 de julho de 1995, num momento em que a cidade estava sem energia.

Suposta imagem da perseguição de um óvni a um Boeing da Aerolineas Aergentinas

“Foi um acontecimento que mexeu com minha cabeça”, diz o protagonista do encontro chocante em entrevista para uma rádio na época. Ele lembra que “chegando em Bariloche a torre de controle nos avisou que havia uma queda de energia. Estávamos voltando para o aeroparque. Depois de um tempo nos informaram que a energia havia sido retomada com um gerador auxiliar no aeroporto, usado para esses casos”, completa Polanco, citado pelo periódico argentino.

Quando o avião chegou próximo de Bariloche, o piloto diz ter visto uma luz ao longe, cerca de 22 km do aeroporto ou na posição geográfica das 11 horas. “Da torre de controle, eles nos dizem que não havia nada, apenas um avião militar que estava atrás de nós”, diz o piloto da Aerolíneas Argentinas.

Segundo ele, justamente os tripulantes da aeronave militar puderam observar o momento em que o óvni praticamente se aproximou do Boeing 727 da empresa aérea argentina durante a descida no aeroporto internacional Luis Candelaria.

A imprensa argentina noticiou na época o caso do avistamento de óvni em Bariloche (Foto: Wikimedia/Reprodução)

“Quando estávamos quase tocando a pista, toda a luz foi desligada novamente. O operador do sistema me explicou depois que o gerador acelerou sozinho, começou a soltar fumaça e parou. O aeroporto ficou às cegas. Naquele momento percebi que algo não estava bem e iniciamos a manobra de evasão”, conta Jorge Polanco, citado pelo Diario Popular.

O piloto civil explica que quando iniciou a manobra e chegou a 10.000 pés (cerca de 3 km), virou à direita, em direção ao lago. “Naquele momento, vejo a luz novamente. Nivelei a altitude para não bater no avião dos militares, que estava 300 m mais alto, à minha frente. Ao olhar para trás, passei perto dele, quase tocando o disco voador e voltei para o aeroporto”.

Segundo o piloto da Aerolíneas Argentinas, o óvni se aproximou do Boeing 727 e um avião militar testemunhou o ocorrido (Foto: Pixabay)

Como mostra o jornal argentino, a tripulação da aeronave do exército informou ao piloto da companhia aérea que o objeto o havia seguido, mas quando estavam manobrando para pousar novamente, o óvni desapareceu em direção à cidade de Cerro Otto.

“Foi algo muito estranho. Foram minutos de contato real com uma nave que me perseguia. Não durou pouco, foram 17 minutos no total. Ela devia ter uns 30 m de diâmetro. Era um prato de sopa, daqueles fundos para comer lentilha. Tinha luzes verdes que giravam em alta velocidade e uma luz laranja no topo que parecia piscar. Isso me marcou por toda a minha vida”, revela Polanco.


Investigação oficial

Apesar do curioso relato do piloto comercial, como mostra o site RT, em 2018 o Ministério da Defesa argentino publicou as conclusões de sua investigação sobre o “Caso Bariloche” e culpou um homem chamado Juan Carlos Rivero pelas luzes observadas.

O morador reconheceu “por escrito” que “estava testando um refletor do tipo ‘rastreador do céu’ naquela mesma noite”.

De acordo com o site, Rivero afirmou que não podia ver “outra luz considerada extraordinária no céu” e insistiu que, embora não houvesse energia elétrica “a única luz que viu foi o reflexo nas nuvens do feixe de seu próprio projetor”.

Por Jorge Tadeu com trendsbr.uai.com.br / rionegro.com.ar / factorelblog.com - Imagens: Reprodução

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Notícias do Dia

Avião cai em estacionamento nos EUA

Queda de avião militar na Ucrânia deixa ao menos 25 mortos

Airbus A320 da Azul reclama de pista curta e obriga piloto a mudar de aeroporto

Homem morre após raio atingir a asa de avião A320 durante o táxi

Aeronáutica investiga acidente com aeronave em Novo Progresso, no PA

Como acessar uma sala vip de aeroporto? Especialista dá dicas infalíveis!

Governo libera a entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do País

Protótipo do Embraer 190-E2 é transferido para a “casa” da Airbus na França

Alitalia e Avianca definem retorno ao Brasil e Copa volta ao Rio

Embraer: sem dinheiro, Defesa atrasa projeto do KC-390


Por que o Brasil escolheu o Gripen?

Avião movido a hidrogênio faz seu 1º voo comercial na história

Covid-19: Aviação aposta em testes e cães farejadores para retomar voos

Governo quer licitar cinco blocos de aeroportos regionais na Amazônia Legal

De olho na explosão do e-commerce, DHL cria hub de carga no aeroporto de Guarulhos

Ventos fortes fazem aeroporto ficar ocioso por seis anos em Taiwan

Aéreas europeias baixam tarifas para atrair passageiros

United será a primeira nos EUA a oferecer teste de Covid-19 aos passageiros

Enfermeira fica "presa" na Turquia após filha tirar máscara para comer dentro de voo

Ladrões roubam avião no México, 'buscam' drogas na Venezuela e batem na Guatemala

Mais novo avião comercial russo será entregue no final de 2021

Regulador europeu espera fim de suspensão de voos do Boeing 737 MAX em novembro

Para a Amazon, segurança doméstica do futuro será trabalho de um drone

Entregas voadoras

Aeronave totalmente elétrica poderá quebrar recorde mundial de velocidade

O TEKNOFEST começou com shows impressionantes

Airbus H175 vai reforçar as operações de petróleo e gás da Omni no Brasil

O dia em que Michael Jackson trouxe dois gigantes aviões Antonov ao Brasil

Dois OVNIs são avistados 'perseguindo' avião sobre Reino Unido (foto e vídeo)

Exército dos EUA atribui contrato de pesquisa para que drones usem qualquer tipo de combustível

domingo, 20 de setembro de 2020

Notícias do Dia

Boeing 747 que ficou avariado após pouso duro em Curitiba volta a decolar

Passageiros ficam presos sobre a asa de avião Embraer, após confusão em emergência

Homem detido por arrancar orelha de passageiro à dentada em avião

Passageiro esquece pistola Glock 19 carregada dentro de avião da United

Três grandes companhias aéreas tiveram lucro em meio à Covid

Novo estudo revelação de transmissão de Covid-19 em voos

Opinião: Pandemia criou nova desigualdade social entre viajantes

Viagem internacional na pandemia: Como é voar para outro país?

Que fim levaram os aviões Airbus A330 da TAM?

Com pista sobre o mar, Aeroporto de Angra dos Reis poderá receber voos de ATR

Fim dos jumbos: crise obriga companhias a aposentarem aviões com quatro motores

Empresa inicia pré-venda de viagens em táxi voador para daqui a 2 anos

Foto de misteriosa luz verde em forma de OVNI é gravada no Reino Unido

Seção Nostalgia: Operações Aéreas a bordo do NAeL Minas Gerais (A 11)

Bombardeiros supersônicos russos Tu-160 quebram recorde mundial de voo sem escala

Viajar em 1 hora para qualquer parte do mundo será possível até 2045, afirma acadêmico chinês

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Notícias do Dia


Latam modifica proposta em busca de aporte de US$ 2,5 bilhões

Os planos da GOL para voos em Congonhas em setembro e outubro

Avianca Brasil terá que pagar atrasados de vale alimentação para ex-tripulantes

Gigantes da aviação, FedEx e DHL interessadas na compra dos Correios do Brasil

Embraer reajusta estrutura em resposta aos impactos da covid-19

Reforma e modernização do Aeroporto de Campo Grande está avançada

Governo do Acre trabalha para homologar pista de Feijó junto à Anac

ANAC debate características de operação de aeronaves de asas rotativas

Empresa de táxi aéreo de acidente com Luciano Huck e Angélica tem licença cassada pela Anac

Airbus revela como as aeronaves são mantidas no solo durante a pandemia

Navio-Patrulha “Guanabara” realiza Vistoria de Segurança da Aviação

FAB inicia Avaliação Operacional do Envelope Infravermelho do A-29

Vídeo mostra pouso do Antonov em Salvador visto da cabine e detalhes da carga

Projeto do sistema IFF brasileiro

Novo caça da Força Aérea produzido na Suécia chegará ao Brasil por Santa Catarina

Aeronave adaptada combate incêndio na Floresta Nacional de Carajás

Aeronaves A-29B Super Tucano chegando em Dhaka, Bangladesh

Curva do vômito preocupa pilotos e comissários em novo aeroporto alemão

Homem que comprou passagem de avião e acabou em ônibus quebrado irá receber R$ 7.500 da Azul

Míssil Tático de Cruzeiro AV-TM 300 “Matador” da Avibras entra em fase final de desenvolvimento

Companhias aéreas dos EUA reivindicam mais subsídio federal

AirAsia Japan suspenderá todos os voos em outubro

Avião presidencial mexicano já tem comprador, diz López Obrador

Rússia realiza três exercícios com bombardeiros próximos da fronteira com a Europa


Vídeo revela interior de espaçonave 'secreta' do Pentágono

Airlines for Europe condena «impacto devastador» das «restrições caóticas» adotadas pela UE

Wuhan, epicentro da covid-19, recebe 1º voo internacional desde janeiro

Voo 'para lugar nenhum' se esgota em minutos na Austrália

Piloto humano perde por 5×0 de inteligência artificial em simulação de combate

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Notícias do Dia


Passageiro é expulso de avião após xingar comissário de 'viado'

ANAC autoriza condição especial de exames para revalidar habilitação de tipo

MS Táxi-Aéreo é cassada por operar clandestinamente

Azul e Gol lideram ganhos da Bolsa com aumento de interesse dos investidores pelas aéreas

Escritório americano ajuíza ação coletiva contra Gol nos EUA

Com a baixa demanda, o preço das passagens aéreas cai quase 40% em julho

Onde fazer teste de Covid-19 no Aeroporto de Guarulhos

Aeroporto de Brasília tem quarto mês de retomada das operações aéreas

Governo retoma compra direta de passagens aéreas; Economia vai concentrar pagamento

Abav mantém o Black Friday de viagens mesmo no evento híbrido

ANAC cobra antecedentes criminais de policiais federais que atuam nos aeroportos

Goiás terá polo com foco em aviação executiva

Extrajet pode se tornar um novo operador de aviões Embraer E-Jet

Esquadrão HS-1 realiza o primeiro pouso a bordo com OVN na Marinha do Brasil

Sabia que não só o nariz do avião Concorde se movia para pousos e decolagens?

Especialista em liberdade religiosa fala sobre a importância da aviação missionária

Mais de 700 passageiros já foram banidos nos EUA por não uso de máscara

Boeing omitiu falhas e é culpada por acidentes, aponta relatório

Etihad quer reduzir desperdício de alimentos com inteligência artificial

Para transformar avião em cargueiro, Airbus patenteia assentos dobráveis

O polêmico 'sorteio de avião presidencial' no México

Colômbia reabre para voos internacionais dia 19; Brasil aprovado

Venezuela abate avião dos EUA usado pelo narcotráfico

Pilotos portugueses muito insatisfeitos com serviços da ANAC

Primeiro ATR 72-600F realiza voo inaugural na França

Sabiam que os bilhetes de avião da KLM podem ser trocados por um voucher reembolsável?

Aviões da Airbus poderão voar em formação como pássaros

Japão orienta pilotos a filmar e analisar OVNIs

Entendendo o programa NGAD da USAF

Israel Aerospace Industries faz história com UAV Heron pousando no aeroporto Ben Gurion por controle remoto

Proposta de venda de 35 caças F-35 para Emirados Árabes desperta temores em Israel

Drone russo a jato com motor impresso em 3D realiza 1º voo

eSeries será a designação das futuras aeronaves da força aérea dos EUA

Autoflight anuncia o V400 eVTOL seu drone e cargas e de passageiros

Caça Gripen do Brasil é um 'bom avião' na América Latina, mas fraco em termos globais, diz analista

Chassi de ônibus é transformado em um avião de passeio

A volta do Flight Simulator

De símbolos da globalização, “os aviões passaram a símbolos do confinamento”

Avião de combate a fogos chocou com cabo elétrico em Portugal

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Notícias do Dia

Assim ficou o avião do aluno que colidiu com o hangar no desastrado pouso

Avião Cessna C208 da Azul Conecta colide com antena durante pouso no MT

1970: Três aviões são sequestrados e desviados para o Oriente Médio

É seguro viajar? Veja tecnologias anticovid dos aeroportos, e as que faltam

Como a comunicação tem ajudado a Gol a atravessar a pandemia?

Gol vai operar mais de 300 voos diários em setembro

Amazon expande operação aérea com o primeiro B767-300 próprio

Companhias aéreas chinesas baixam preços para atrair viajantes

SNA se posiciona contra a terceirização de tripulantes; MP caduca hoje

Panair do Brasil resgata a marca para transmitir o legado da aviação

Problema na produção do Boeing 787 leva regulador a revisar controle de qualidade

Homenagem da FAB ao Dia da Independência do Brasil

Todos os aviões de combate russos serão equipados com sistema de pontaria testado na Síria

Nova geração de supersônicos promete aviões menores e silenciosos

O sumiço dos documentos dos generais da FEB

Primeiro A321 cargueiro é visto nas cores da Qantas

China recupera com sucesso sua espaçonave reutilizável secreta

Os problemas de saúde que astronautas enfrentam no espaço

Arquivos desclassificados do FBI revelam existência de 'alienígenas gigantes', aponta mídia

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Ovni é flagrado durante decolagem de avião nos Estados Unidos



Um cinegrafista registrou um vídeo que está levantando discussões calorosas na comunidade ufóloga internacional. Segundo especialistas, as imagens podem ser a primeira prova concreta de que alienígenas visitam nosso planeta.

Na gravação (de 7 de julho), o rapaz acompanha a decolagem de um jumbo no aeroporto JFK, em Nova York. Pouco depois do início do registro, um objeto voador passa atrás da aeronave da Virgin Atlantic em alta velocidade.

O objeto, menor que a aeronave de passageiros norte-americana, ultrapassa o avião durante a decolagem e rapidamente some do vídeo.

“Eu não tenho absolutamente nenhuma razão para dizer que o autor do vídeo é um mentiroso. Realmente é um objeto não identificado”, disse um funcionário da LookNowTV, canal especializado em vídeos de ovnis.

“Compartilhei o vídeo com meus amigos para conseguir mais opiniões, e mesmo assim não conseguimos chegar a uma conclusão definitiva sobre o que pode ser esse objeto”, continuou.

Russ Kellet, um ufólogo britânico, também não conseguiu determinar o que seria o objeto. “Ele parece ficar mais estreito e mais amplo , uma vez que está se movendo , é difícil dizer”, disse. “Nada na Terra poderia se movimentar desta forma ao lado de um avião, independente do ângulo”, completou o especialista.



Fonte: Yahoo! Notícias - Imagens: Reprodução

terça-feira, 30 de junho de 2015

NASA acaba com especulação: É lixo em chamas e não um meteorito


Nos últimos dias as especulações variaram entre um avião em queda, um meteorito e o inevitável óvni. A NASA interveio para explicar que é lixo no espaço.


O objeto brilhante foi visto em diversos estados, principalmente do sudoeste dos EUA, na noite de domingo e madrugada de segunda-feira. E filmado por muitos.

Ontem a NASA veio dizer que não há registo de qualquer meteoro sobre os EUA, nem de queda de aviões. O mais certo é ser lixo em chamas, depois de entrar na atmosfera.

A American Meteor Society recebeu centenas de relatos.

Fonte: TSF Notícias - Imagens: Reprodução

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Saiba por que 24 de junho é o Dia Mundial do Disco Voador


O dia 24 de junho significa alguma coisa para você? Talvez, se você é católico ou mais ligado em uma das mais tradicionais festas brasileiras, deve saber que hoje é comemorado o Dia de São João, data oficial das festas juninas por todo o país.

Porém, este dia guarda outra celebração, algo mais oculto e até mesmo um tanto tenebroso: o Dia Mundial do Disco Voador. Isso mesmo, todo dia 24 de junho marca a principal celebração do ano de um ufologista, nome dado a quem estuda a existência de UFOs, sigla em inglês para Unidentified Flying Object — ou, em bom português, OVNI: acrônimo de Objetos Voadores Não Identificados.

Clique AQUI e leia a matéria completa.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Não é um pássaro, muito menos um avião: a explicação para o anel flutuante que intrigou argentinos


No último dia 25 de maio, perto das 17h, um sinistro anel preto de nuvem pairou sobre a cidade de Tigre, na província de Buenos Aires, Argentina. Ainda que tenha permanecido no céu por menos de um minuto, os moradores ficaram perplexos por sua aparência efêmera e hipnótica.

Por mais que nos doa dizer isso tantas vezes ao ano, ainda não é dessa vez que a explicação para este fenômeno estranho é uma visita de alienígenas. O anel nada mais é do que um subproduto de fogos de artifício com temática de zumbis.


O anel de fumaça foi resultado de uma queima de fogos feita durante uma performance no parque de diversões de la Costa, vizinho da região. Como não poderia deixar de ser, o número se chamava “Invasion Zombie”. As condições meteorológicas do dia fizeram com que o anel preto ficasse particularmente visível no céu, em contraste com um fundo acinzentado composto por nuvens de chuva.

Abaixo você pode ver mais algumas imagens de evento da semana passada:


Mesmo que possa parecer super-estranho, acontecimentos deste tipo são bastante comuns. Um anel semelhante, com um diâmetro de cerca de 100 metros, foi visto quase 2 quilômetros acima do solo no Cazaquistão em abril passado – dessa vez, o arco teria sido causado por uma fábrica próxima. E em 2014 um destes apareceu no céu acima de uma cidade no Reino Unido. A estudante Georgina Heap gravou um vídeo do fenômeno com seu smartphone que se espalhou pela internet. O aro preto acabou sendo atribuído a um teste de fogos de artifício em uma cidade vizinha.

terça-feira, 19 de maio de 2015

OVNIs confrontaram soldados durante a guerra, diz ex-oficial da Força Aérea dos Estados Unidos


O público raramente ouve histórias sobre o contato entre militares e aeronaves misteriosas, especialmente durante a guerra. No entanto, à medida que o tempo passa, histórias sobre objetos voadores não-identificados (OVNIs), escondidas atrás da papelada secreta, começam a vir à tona. A Guerra do Vietnã contou com uma grande quantidade de atividade de OVNIs na década de 1960. 

Clique AQUI e leia a matéria completa.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Homem filma óvni em Porto Alegre que mais parece fogo voador e intriga especialistas

Esse UFO cabuloso sobrevoou a região da Usina do Gasômetro, 
em Porto Alegre. Parece fogo voador! Imagem: Vídeo/Record 

Em um dos seus passeios vespertinos, o comerciante Luiz Sérgio Cabreira se surpreendeu com algo no céu. Cabreira, que gosta de fotografar a região da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, filmou o momento em que um OVNI que se assemelhava a uma chama voadora plana tranquilamente no céu.

Em entrevista ao Balanço Geral, ele afirmou que primeiramente pensou ser um avião, mas quando fotografou pela primeira vez viu uma espécie de "fogo voador", bastante diferente de uma aeronave.

Ele acredita ser um UFO sobrevoando a região e revê as imagens diariamente para tentar desvendar o mistério, embora os moradores da região não acreditem na possibilidade de visita de seres de outros planetas.

O especialista em ufologia Euclides Goulart afirma que o objeto flamejante pode ser um pedaço de satélite ou um meteorito, embora a rota dele e o tempo de voo lento pode indicar um UFO voando tranquilamente.

 

Fonte: R7

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

OVNI, afinal, eram espiões americanos

Durante vários anos, em plena Guerra Fria, os americanos diziam ver OVNI a sobrevoar o país. Agora, a CIA confessa a autoria das viagens "sobrenaturais".


Os anos 1950 e 1960 foram pródigos em avistamento de OVNI (objetos voadores não identificados) nos Estados Unidos. A população dividia-se entre a certeza de os ter visto e outra parte assegurava que eram resquícios da memória da versão radiofônica da Guerra dos Mundos realizada por Orson Welles, que faziam os americanos continuar a acreditar em vida extraterrestre, prestes a invadir o planeta. Agora, mais de 40 anos passados, a CIA dá razão aos olhares mais astutos e confessa ser responsável pelos objetos que muitos viram a rasgarem os céus. Mas não eram extraterrestres, eram espiões.

O documento “The CIA and de U-2 Program, 1957-1974″ da Agência norte-americana é publicado no Irish Times e é aí que o objeto voador é identificado como sendo na realidade o avião espião U-2, que voava a 60 mil pés- na altura o normal era os aviões subirem apenas 20 mil pés.


No documento explica-se que o U-2 (foto acima) levantou voo em 1954 para ser testado e futuramente usado em missões de reconhecimento principalmente sobre países da órbita da União Soviética. Se, para os americanos, foi fonte de boatos e teorias da conspiração, para a União Soviética a solução foi cortar o mal pela raiz e abater o avião.

O VenturBeat explica que a elevada altitude fazia com que nenhum americano acreditasse que de um avião se tratava. E, para fenómenos inexplicáveis, soluções sem explicação. A CIA nunca tinha desmentido a teoria, uma vez que lhe permitia continuar a missão incógnita, mas confirma-a agora: “Naquela altura, ninguém acreditava que era possível os homens viajarem acima de 60 mil pés e, por isso, ninguém esperava ver um objeto tão alto no céu.”

Mulder tinha razão: OVNI foram planejados pela CIA


O personagem Fox Mulder deu voz a uma das teorias da conspiração mais populares dos anos 90: a CIA estava por detrás de muita atividade considerada paranormal. No caso dos OVNI, a agência revela que a teoria é válida e assumiu a responsabilidade por “atividades estranhas nos céus”.

Nos anos 90, a série ‘Arquivo X’ tornou-se num objeto de culto por usar a televisão para divulgar as grandes teorias da conspiração, geralmente através da personagem principal, o Fox Mulder interpretado por David Duchovny.


O crédulo investigador do FBI insistia junto da parceira incrédula, Dana Scully (interpretada por Gillian Anderson), que a agência de inteligência dos EUA estava na origem de muitos dos acontecimentos que, para a opinião pública, eram considerados paranormais.

A admissão de culpa provocou sentimentos ambíguos nos amantes das teorias da conspiração. Por um lado, esclarece a maioria das situações de avistamentos de OVNI; por outro, vai permitir à CIA “eliminar a maior parte dos relatórios de OVNI”, o que permite lançar uma nova teoria: e se forem eliminados relatórios sobre avistamentos reais?

Fontes: Observador / PT Jornal - Imagens: Reprodução

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Objeto misterioso cai do espaço no MS

Cilindro carbonizado foi encontrado em fazenda em cidade no interior.


Um objeto misterioso que caiu do espaço na noite de sábado (27) tem intrigado os moradores da Santa Rita do Pardo, a 266 km de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Após uma chuva de bolas incandescentes, foi encontrada em uma fazenda da região uma peça cilíndrica, carbonizada por causa da entrada na atmosfera terrestre.

A queda de diversos objetos foi observada em várias cidades da região, incluindo Campo Grande e Dourados, no Paraná e até no Paraguai.

Segundo especulações, não se trata de nenhum objeto alienígena, mas simplesmente lixo espacial que está de volta à Terra.


Fonte: band.com.br - Imagens: Reprodução/Facebook

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

“Rastro” misterioso surge no céu da Sibéria e gera polêmica

Residentes na cidade de Barnaul, nas margens do rio Ob, capturaram o mistério em fotos e vídeos. 


Uma espécie de “nuvem” misteriosa causou diversas reações entre os moradores de uma cidade da Libéria na última segunda-feira. O rastro de luz no céu alaranjado tem um formato de diversos círculos e zigue-zagues – tornando impossível, por exemplo, ter sido feita por um jato comum. Algumas pessoas levantaram a suspeita de ser o rastro deixado por um óvni. As informações são do Daily Mail.

Nenhuma confirmação oficial foi dada pelas autoridades sobre o que teria causado o desenho no céu, mas a forma “artística e estranha” é, provavelmente, o rastro de algum foguete – que teria sido lançado pouco antes de as pessoas tirarem as fotos. Especialistas dizem que os padrões são consistentes com a segunda fase de desengajamento das peças usadas para o foguete cair de volta à Terra.

Residentes na cidade de Barnaul, nas margens do rio Ob, capturaram o mistério em fotos e vídeos.

A região siberiana de Altai é perto da pista de lançamento do foguete Proton-M, que teria decolado na mesma manhã, na fronteira com o Cazaquistão. Nessa região, é bastante comum que detritos espaciais caiam causando alguns “fenômenos” curiosos.




 

De acordo com especialistas, o frio extremo da região permite a criação dessas nuvens, pelo encontro do vapor quente dos destroços com o ar gelado.

Natalia Pavlova, chefe do planetário de Barnaul, disse que os padrões da nuvem podem ter sido causados pelo lançamento do foguete, mas ressaltou que também poderia ser determinado por meteoros. No entanto, não houve relatos deste fenômeno no dia.

Residentes na Rússia estão se acostumando a ver luzes misteriosas no céu. No mês passado, uma explosão inexplicada foi testemunhada em Yekaterinburg, a quarta maior cidade do país. Meteoritos, mísseis, um acidente de avião e até mesmo de atividade extraterrestre estavam entre as muitas teorias propostas para explicar o incidente, em 14 de novembro.



Fontes: Terra / Daily Mail - Imagens: Reprodução 

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Objeto voador assusta moradores de Santa Maria (RS)

Muitos acreditaram ter visto um Objeto Voador Não Identificado.

As luzes que foram vistas no céu de Santa Maria são da
cauda da aeronave - Foto: Reprodução

Um avião não tripulado assustou muitos moradores de Santa Maria durante a madrugada desta quinta-feira. O brilho e formato diferente da aeronave fizeram com que muitos acreditassem que se tratava de um Objeto Voador Não Identificado (Ovni). O objeto foi visto nos bairros Camobi, Cerrito e Tancredo Neves.

Nessa madrugada vi um objeto muito estranho no céu, que ficou mais de quatro horas voando sem parar, e não aparentava ser um avião, questionou o morador da Nova Santa Marta, Neridion, por meio do WhatsApp do Diário.

Mas a aeronave tem, sim, nome e sobrenome. Trata-se de um Hermes 900, uma aeronave não tripulada que pertence à Base Aérea de Santa Maria (Basm).

Foto do modelo Hermes 900 que sobrevoou Santa Maria
FAB/Divulgação

Segundo o coronel aviador Ramiro Kirsch Pinheiro, entre os voos previstos para a noite de quarta-feira, o Hermes seria a única aeronave que poderia ter chamado a atenção da população devido ao formato e ao barulho reduzido do motor. Segundo o tenente-coronel, eles realizam treinamentos de rotina e sobrevoam a cidade desde o início desta semana.

O Veículo Aéreo Não Tripulado (Vant) é uma aeronave não tripulada que opera com comunicação via satélite. A Basm possui os modelos RQ-450 Hermes e Hermes 900. O último, adquirido pela Força Aérea Brasileira (FAB), foi usado para o monitoramento eletrônico das fronteiras durante a Copa do Mundo. O aparelho é operado pelo Esquadrão Hórus (1º/12º GAV), sediado em Santa Maria. Os Vants são equipados com câmeras e servem para monitoramento.

Leia também:



 Fonte: Igor Müller e João Pedro Lamas (diariodesantamaria.clicrbs.com.br)

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Óvni em formato de disco é gravado no Irã

Objeto misterioso foi flagrado por passageiro de avião que sobrevoou o país.


Um passageiro de um avião comercial que sobrevoava o Irã registrou imagens intrigantes de um Óvni (Objeto Voador Não Identificado), que aparentemente voava a região bem abaixo da aeronave.

De cor clara, o Óvni tinha o formato clássico dos discos voadores retratados inúmeras vezes na ficção científica.

Após a gravação ser divulgada, nenhum governo ou organização se manifestou sobre o objeto voador, conforme informou o "Huffington Post". Assista abaixo ao vídeo:


 

Fontes: band.com.br / Huffington Post

MAIS


sábado, 8 de novembro de 2014

Apaixonados por óvnis promovem congresso na Argentina

A mítica cidade de Capilla del Monte, na província de Córdoba, é famosa pelas centenas de testemunhos de pessoas que asseguram ter visto objetos voadores.


Mais de 200 pesquisadores, fanáticos e curiosos sobre o mundo óvni estão se reunindo estes dias na cidade argentina de Capilla del Monte, meca nacional de observação e experiências extraterrestres, para compartilharem as últimas notícias do mundo da ufologia.

O único objetivo do 27º Congresso Internacional de Ufologia, que acontece até o próximo domingo é, "discutir um tema tão controvertido e, às vezes, tão mal apresentado", segundo explicou à Agência Efe Luz Mary López, diretora do Centro de Relatórios Ovni (CIO) e organizadora do encontro.

Clique AQUI e leia a matéria completa.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

FAB libera documentos sobre aparição de óvnis em São José

Parecer concluiu que aparição de objetos voadores não identificados nos céus da cidade em 1986 foi um ‘fenômeno sólido’.

Era uma segunda-feira como outra qualquer em São José dos Campos. Chegada a noite, a torre de controle do aeroporto da cidade via os voos rarearem. Mas algo inacreditável marcaria aquela noite na história do país. Às 20h15, os radares da torre detectam um objeto desconhecido pairando sobre a cidade, com comportamento estranho e inusitado.

No mesmo instante, o avião Xingu prefixo PT-MBZ, que trazia o coronel Ozires Silva, então presidente da Petrobras, também detectou as luzes. Mais do que isso: o piloto e Ozires as viram no céu, reluzentes e multicoloridas. “As luzes tinham presenças reais, eram alvos primários no radar, alvos positivos, uma coisa concreta”, lembra o ex-presidente da Embraer e atual reitor da Unimonte (Centro Universitário Monte Serrat).

Do chão, dezenas de pessoas também viram os objetos. “Recebemos mais de 60 ligações naquela noite”, diz o fotógrafo Adenir Britto, que trabalhava no jornal Valeparaibano na época.

Os radares em São Paulo e Brasília detectaram as luzes e acionaram jatos nas bases aéreas de Santa Cruz (RJ) e Anápolis (GO) para perseguir aquelas 21 luzes de forma esférica, que chegaram a 100 metros de diâmetro e se deslocavam a velocidades acima de 1.000 quilômetros por hora.

“Tentamos nos aproximar das luzes, mas desistimos. As luzes apagavam e acendiam em lugares diferentes. Observamos variações muito rápidas de velocidade”, diz Ozires.

Após oito horas de aparições inexplicáveis, as luzes sumiram tão repentinamente como haviam aparecido. Elas deixaram o céu para entrar para a história.

O episódio, que ficou conhecido como a “Noite Oficial dos Óvnis no Brasil”, ganhou um capítulo de ouro na semana passada: a liberação de documentos secretos das Forças Armadas com nada menos do que 50 anos de registros de óvnis no país, entre eles o caso de São José.

Trata-se do terceiro e mais importante lote de documentos confidenciais sobre óvnis liberados pelo governo federal, para alegria da comunidade ufológica.

“Considero esta mais uma medida extremamente positiva e transparente por parte de nossas Forças Armadas”, afirmou Ademar José Gevaerd, editor da revista UFO. “Como ela, o Brasil assume papel de vanguarda no mundo no que diz respeito à confirmação da presença alienígena na Terra”.

São José


Organizador da sexta edição do Fórum Mundial de Ufologia, em Foz de Iguaçu (PR), que ocorrerá em novembro deste ano, Gevaerd considera o caso de São José um dos mais emblemáticos da ufologia nacional.

Nos documentos secretos, o brigadeiro-do-ar José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, comandante interino de defesa aérea do então Ministério da Aeronáutica, conclui que “os fenômenos são sólidos e refletem de certa forma inteligência, pela capacidade de acompanhar e manter distância dos observadores como também de voar em formação, não forçosamente tripulados”.

Para Britto, que fotografou as luzes, o episódio ainda é um mistério. Ainda mais depois que os negativos das suas fotos foram confiscados pela Nasa, a agência espacial norte-americana.

Ufólogos do Vale criam expedição para ‘caçar’ ETs

Para muitos, eles foram considerados loucos. Para outros tantos, eram desbravadores do misterioso universo espacial. Na região, um grupo de ufólogos profissionais e amadores montou um expedição para “caçar óvnis”. Por ao menos duas décadas, eles colecionaram relatos de aparições de óvnis na região, além de realizarem diversas “buscas ativas” para flagrar algum episódio.

Um deles foi Walter Oliveira da Silva, ufólogo conhecido em toda a região. Ele relata uma marca circular de oito metros de diâmetro encontrada numa área da Aeronáutica em Guaratinguetá, em 1996, que intrigou os militares.

“O capim estava amassado no sentido horário e sem clorofila, havia vestígios de queimado no centro da marca e em quatro pontos ao redor da mesma. Toda a vegetação fora da marca encontrava-se intacta”.

Em São José, Mário Couto perdeu a conta de quantas madrugadas passou em áreas rurais na região buscando óvnis. “Foram incontáveis madrugadas na busca de seres extraterrestres. Admito que ainda não tive a experiência que sonhara ter com eles”, diz.

Fotos da época foram confiscadas


O fotógrafo Adenir Britto, de São José, ainda se pergunta o que foi feito das 36 fotos que ele fez dos óvnis que apareceram no céu em São José, em 1986. Na época, um mês após o episódio, o cientista J.J Hurtak, acompanhado de militares brasileiros, foi ao jornal onde Britto trabalhava e confiscou os negativos, que nunca foram devolvidos.

Fonte: Xandu Alves (ovale.com.br)