quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Piloto da TAM arremete pouso três vezes em João Pessoa

O vôo da TAM que chegou na madrugada desta quarta-feira, 30, no aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, teve sérios problemas para pousar, segundo depoimentos de duas passageiras que vieram de São Paulo, a trabalho.

As duas passageiras, que preferiram não se identificar, disseram que o piloto teve que arremeter o equipamento por três vezes antes de pousar, na quarta tentativa.

Chovia muito no momento do procedimento do pouso, o que criou alguns riscos aos passageiros e tripulação. Segundo um especialista em aviação ouvido pela reportagem, todos os pilotos são orientados a pousar em condições adversas apenas se tiver 100% de certeza de que não haverá qualquer tipo de incidente. Nas tentativas frustradas de pouso, o piloto teve que retornar ao aeroporto do Recife, numa viagem de aproximadamente 20 minutos.

O aeroporto paraibano não possui equipamentos de comunicação que permite que o piloto seja orientado em casos de pousos por instrumentos.

Fonte: Paraíba.com.br

2 comentários:

G&B AVIAÇÃO E COMERCIO disse...

Bom dia.... a matéria saio meio errada no fim...o aeroporto possui sim um equipamento para auxilio ao pouso por instrumentos... chamado de NDB que é um equipamento de não precisão mas que deixa a aeronave no eixo da pista. O poblema é que a MDA (altitude minima de descida) em JPA é de 1000` .. dai quando a aeronave ingressa na final na proa 144 o cmte respeita essa MDA . Mas tem casos que o Cmte considera que não tem elevações abaixo da MDA e desce mais um pouquinho para avistar e na maioria dos casos avista... Mas existe cmtes que tem medo e seguem o Padrão dai preferem arremeter.

Boas

George Coutinho
PP-AV

Marco Filipe disse...

Senhores pilotos:
O Senhor George Coutinho não faz a menor idéia de imbecilidade que acaba de escrever e assinar embaixo. Vá estudar Sr George...O piloto não deve NUNCA descer abaixo da MDA. MDA, como vc mesmo escreveu, significa Minimum Descent Altitude e não tem nada de descer mais um pouquinho coisa nenhuma. Todos os acidentes tipo CFIT(Vôo Controlado Contra Terreno) ocorreram porque a tripuláção considerou que não tinha elevações e desceu "só mais um pouquinho" e morreram todos que estavam dentro e todos que estavam embaixo.
Quem é ignorante e le esse seu comentário pode achar que vc é um grande entendido, mas você não convence ninguém com esse seu restrito e obtuso conhecimento.
A propósito: Tem vendido bastante o e-Fly que você falsifica e vende como se fosse seu???
Vamos nos cruzar ainda comandante. Ou talvez não se vc continuar querendo descer só mais um pouquinho.
Bons Vôos!!!