segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Aeronave cai, explode e piloto morre perto de Campo Grande (MS)

Um avião de pequeno porte caiu hoje (7), por volta das 17h50, próximo da pista do Aeroporto Santa Maria, na saída para Três Lagoas, em Campo Grande. A aeronave experimental passou a tarde realizando voos na região.

Segundo o advogado Alexandre Bastos, o avião perdeu o controle e caiu de bico após uma das asas quebrar no ar. Ao bater no chão, a aeronave explodiu e pegou fogo. O piloto, que não foi identificado, morreu antes de receber ajuda.

Jogadores de futebol e funcionários do aeroporto, que não conta com equipe própria de bombeiros, pegaram extintores e tentaram combater as chamas. O avião ficou totalmente destruído.

O Corpo de Bombeiros levou mais de 20 minutos para chegar ao local da tragédia. Até uma viatura do Samu (Serviço Móvel de Urgência) foi enviada ao local.

Por volta das 19h30, o Corpo de Bombeiros identificou o piloto como sendo Rômulo Silva.

Manobra arriscada teria provocado a queda do monomotor

Uma manobra arriscada teria provocado a queda do monomotor experimental de prefixo PU-TG (?) por volta das 17h40 desta segunda-feira, próximo do Aeroporto Santa Maria, em Campo Grande. O piloto, Rômulo Donizete da Silva, 48 anos, morreu na hora.

O piloto e amigo da vítima, Marcelo Ribeiro de Britto, disse que o tipo de curva no ar que o piloto fez com o monomotor pode ter provocado a queda. “Com esse tipo de avião não é possível fazer a manobra que ele fez”, afirmou que Rômulo tinha vários anos de experência.

O primeiro a chegar ao local da queda foi Celso Ricardo que jogava bola próximo de onde aconteceu o acidente. Ele disse que escutou um barulho forte e foi em direção. “ Quando cheguei o avião já estava pegando fogo. Consegui tirar o corpo do piloto de dentro, mas ele já estava morto. Apaguei o fogo com os extintores do meu carro”, relatou.

Um outro piloto que não quis se identificar afirmou que Rômulo era um piloto experiente e que o avião foi mal construído. “ Essa aeronave foi construída no aeroporto sem a devida preocupação”, afirmou.

Rômulo, piloto de avião agrícola, estava fazendo um voo experimental com aeronave de um amigo. O monomotor tinha seis que havia sido construído.

Fontes: Edivaldo Bitencourt (Campo Grande News) / Chico Júnior e Reginaldo Coelho (Midiamax) - Foto: Midiamax

Um comentário:

Anônimo disse...

Aqui estão dispostos as investigações da Policia Civil...a queda da aeronave não foi por manobra errada, segundo investigação da perícia foram outras causas...favor ler e corrigir este artigo...
Dayane
(filha do Romolo Donizete da Silva)
http://www.pc.ms.gov.br/index.php?templat=vis&site=160&id_comp=1616&id_reg=6395&voltar=lista&site_reg=160&id_comp_orig=1616