domingo, 4 de agosto de 2013

Avião de pequeno porte cai ao lado da rodovia Anhanguera em Jundiaí (SP)

Bombeiros confirmaram que quatro pessoas a bordo da aeronave morreram.

Testemunhas disseram que viram fumaça saindo de um dos motores.

Bombeiros apagam as chamas do avião que caiu em Jundiaí

O avião de pequeno porte Beechcraft 58 Baron, prefixo PT-LKG, com quatro pessoas a bordo caiu no início da tarde deste sábado (3) ao lado da rodovia Anhanguera, em Jundiaí (SP), na altura do km 61.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, dois homens - incluindo o piloto - e duas mulheres morreram carbonizados. Os nomes das vítimas foram divulgados pela polícia no fim da tarde de sábado: o empresário dono de um frigorífico Arnaldo Soares dos Santos Neto (50) que viajava acompanhado pela mulher Kênia Maria Tubertini dos Santos (49) e pelos filhos Ana Luisa Tubertini dos Santos (19) e Arnaldo Soares dos Santos Junior (13). A família morava em São Paulo.


Viaturas dos Bombeiros e da concessionária que administra a rodovia estiveram no local do acidente. A aeronave, que ficou totalmente destruída, não atingiu nenhum imóvel. O bimotor modelo Beech Baron decolou no fim da manhã do Aeroporto Estadual Comandante Rolim Adolfo Amaro, que fica no bairro Casa Branca, em Jundiaí.

Testemunhas disseram que viram fumaça saindo de um dos motores do avião. A aeronave teria decolado, feito um contorno e, em seguida, perdeu altitude e caiu bem próximo ao trevo da Anhanguera com a Dom Gabriel Paulino Bueno Couto. Técnicos da Aeronáutica também estiveram no local para perícia; a aeronave prefixo LKG estava indo para Batayporã (MS).

Fumaça é vista ao lado da rodovia Anhanguera em Jundiaí

Clique AQUI para assistir a reportagem.

Fontes: G1 Sorocaba e Jundiaí / ASN - Fotos: Reprodução/ TV Tem

Nenhum comentário: