quarta-feira, 14 de maio de 2008

Pássaros entram em turbina de avião da TAM no aeroporto Tom Jobim, e decolagem é cancelada

A operação de decolagem de um avião da empresa aérea TAM teve que ser abortada na manhã desta quarta-feira no aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro, por conta de dois pássaros, que entraram nas turbinas da aeronave enquanto o avião manobrava na pista. Ninguém ficou ferido.

O vôo JJ 8082, com conexão no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, partiria às 6h15 para Nova York, nos Estados Unidos. O avião retornou para a área de embarque para revisão e manutenção, afirmou a companhia em nota.

Segundo o balcão de embarque da empresa, os passageiros foram encaminhados para outra aeronave. O novo vôo partiu às 8h15, de acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária).

Alguns passageiros, que fariam a conexão em São Paulo, foram acomodados em hotéis e seguirão viagem à noite em outro vôo da TAM.

Apesar do incidente, o aeroporto Tom Jobim opera normalmente para pousos e decolagens nesta manhã.

Fontes: Folha Online / Agência JB - Fotos: BobNews

2 comentários:

Nascimento disse...

Meu caro amigo,
sou aeroviaria, estou na aerea da aviação a um pouco mais de 7 anos e nunca vi tanto absurdo em relação a problemas com aeronaves.
Em primeiro lugar devemos dar graças á Deus qndo uma aeronave aborta a decolagem devido á algum problema tecnico no solo. Qndo a pane é em voo é um pouco mais critico ser solucionada.
Geralmente é seguido este procedimento de abortagem devido a união da capacidade da tripulação e da manutenção em lidar com as panes existentes e suas conseguencias.
No Brasil temos um serio problema sobre passaros proximos aos aeroportos, devido ao desmatamento das aereas proximas. Estes animais ficam sem suas casas e se mantém na área. Esse problema é agravado ainda mais qndo em conjunto com balões.
Turbulencia acontece em qualquer meio que se vá voar. Pois infelizmente ainda não possuimos controle dos ventos, dos climas e muito menos da quantidade de nuvens no céu! Temos um controle através de radares que nos indica a posição de grandes formações para ser desviado, mas se o vento está fluindo de maneira disforme isso não há como prever!!
Qndo o senhor for viajar (pela TAM) e estiver no aguardo de seu voo em Guarulhos, olhe por alguma vidraça que dê acesso á pista (que naquele aeroporto tem muitas) e repare que á cada 15 min + ou -, passa uma viatura da Infraero pelas pistas verificando se existe algum problema referente á passaros ou animais.
Qndo existe uma troca de aeronave é para a segurança dos passageiros e segurança de quem está no solo e não tem nada á ver com a viagem, pois, um acidente aereo é a pior coisa que pode acontecer para as familias que ficam, para uma companhia, e para a aviação brasileira.
O problema é que qndo ocorre uma turbulencia, uma arremetida ou qlquer outro precedimento não existe informação eficiente para os passageiros que acabam sendo prejudicados devido á seus compromissos e responsabilidades. Isso sim deveria ser melhorado!
Se vc viaja de avião é pq quer chegar mais rapido, então a companhia tem a obrigação de te levar e trazer em segurança e acima de tudo te manter previamente informado sobre qualquer mudança, problema ou atraso ocorrido. Se isso não acontecer devemos reclamar sobre essa falta de informação.
Arremetida é um procedimento muito usual na aviação de qualquer lugar do mundo! Esse fato ocorre devido á capacidade dos equipamentos e dos pilotos de verificação que o pouso não irá ocorrer dentro dos padrões e limites das aeronaves, das pistas e do conforto das pessoas que se encontram á bordo.
Gostaria que o senhor se informasse um pouco mais antes de criticar, pois para um "suposto" conhecedor de aviação, deveria saber que o nome do componente não é TURBINA e sim MOTOR!!
Turbina é uma seção interna do MOTOR onde é recebido os gases provenientes da combustão.
E outra coisa, geralmente a maioria das aeronaves de grande porte ou não, é previsto o pouso sem reverso pois, a utilização do mesmo é um item operacional, depende muito do tamanho da pista, das condições climaticas e outras serie de fatores. A aeronave tem dispositivos serodinamicos que atuam muito bem nessa parte de frenagem (flaps, slats, etc). Então não coloque a culpa de tudo no reverso se antes saber sua correta utilização.

Muito obrigada..

Sigmar Fernando Spengler disse...

Ok, correto, eu aceito !. A maioria das pessoas 99,99% só se interessam em querer chegar aos seus destinos não importa como, mas é claro para elas a escolha sem sombra de duvidas é viva! mas mal sabem que um voo envolve centenas de itens operacionais e que se um voo é cancelado ou transferido é por OPERACIONALMENTE aquele voo não teve condiçoes de ser realizado! Felizmente as autoridades Aeroportuarias no mundo todo nao veem apenas os direitos dos passageiros pois tambem temos os problemas operacionais e de segurança do voos a serem realizados."Santa Ignorancia dos Passageiros"