terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Avião da TAM com o presidente do Senado sofre pane e volta para Natal

Presidente do Senado estava em uma aeronave da TAM retornando a Brasília.

Segundo a empresa, avião sofreu uma pane elétrica e precisou voltar ao aeroporto de Natal.

O presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), não conseguiu chegar ao trabalho nesta segunda-feira (17). O avião em que ele estava voltando para Brasília, vindo de Natal, precisou retornar depois de sofrer uma pane elétrica, segundo a TAM.

Garibaldi Alves disse ter passado por momentos de tensão durante viagem. “Foi um susto terrível. Já estávamos voando por 40 minutos, quando informaram que houve pane nos dois motores. Daí, acionaram um motor reserva com autonomia para 30 minutos de vôo e retornamos para Natal”, disse o presidente do Senado. Ele conta ainda que os passageiros mantiveram a tranqüilidade, apesar da pane. “Os passageiros até se comportaram bem. Tinha algumas pessoas chorando pelo nervosismo. Quando chegamos de volta a Natal, uma senhora desmaiou. Ela estava muito nervosa”, conta o senador potiguar.

Após a paralisação dos motores, o deputado Felipe Maia (DEM-RN), um dos passageiros, relata que ouviu um barulho estranho na aeronave. "Foi como se fosse uma turbulência. Planamos por dois segundos. Haviam pessoas rezando. Mas o pouso foi normal. Se não fosse pelo susto, parecia que não tinha acontecido nada", afirmou.

A TAM divulgou nota sobre o episódio no início da noite, esclarecendo que a aeronave levava 78 passageiros, e pousou no Aeroporto Internacional de Natal sem problemas após a pane. Segundo a empresa, os passageiros serão acomodados em outros vôos.

Leia a nota da TAM

"A aeronave que realizava o vôo JJ 3371 decolou do Aeroporto Internacional de Natal, no Rio Grande do Norte, às 15h17, com destino a Brasília, e retornou ao aeroporto de origem após a decolagem em virtude de pane elétrica, pousando normalmente às 16h35. Os 78 passageiros desembarcaram, estão sendo atendidos pelas equipes da TAM no aeroporto de Natal e serão acomodados em outros vôos da Companhia."

Fonte: G1

4 comentários:

Anônimo disse...

Apagou ambos os Motores :-(
Que Medo deses Airbus

henriquesulla disse...

Eu não sabia que o Airbus tinha motor reserva!!! hehehehe!!

Pedro Voador disse...

e muito raro apaga os dois motores

Pedro Voador disse...

É RARO PRA CA@%$#& TER PANE NOS DOIS MOTORES