sexta-feira, 4 de julho de 2008

Policiais usam carro para arrombar portão de heliponto

Incidente ocorreu nesta madrugada na Zona Oeste de SP.

Um helicóptero caiu de uma altura de 12 metros quando decolava do heliponto.




Policiais do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) se irritaram com a demora da segurança para abrir o portão de uma empresa de táxi aéreo no Jaguaré, Zona Oeste de São Paulo, e resolveram entrar no local à força, usando um carro policial. O incidente ocorreu na noite desta quarta-feira (2), após um helicóptero ter caído de uma altura de 12 metros quando estava decolando do heliponto da empresa.

A pane no helicóptero que levantava vôo ocorreu por volta das 22h. O motor parou de funcionar e, na queda, o piloto sofreu ferimentos leves. A base e a cauda da aeronave ficaram destruídas. O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos está apurando as causas do acidente. O prazo da investigação é de um mês.

A invasão dos policiais do GOE ocorreu durante a madrugada, enquanto técnicos da Aeronáutica faziam a perícia no local. Logo após os policiais jogarem o carro contra o portão, o segurança do heliponto abriu um portão ao lado e os policiais entraram sem violência.

O supervisor do GOE, Antônio Carlos Pinheiros, disse que a prioridade é chegar ao local do acidente, justamente para preservar vidas. Eles também isolam a área, para não haver problemas depois para os peritos. O supervisor do GOE disse também que vai apurar se houve falha na conduta dos policiais. Por enquanto, eles alegam que usaram a força porque estavam sendo impedidos, pelo segurança da empresa táxi aérea, de realizar o seu trabalho.

Fontes: G1 / SPTV (TV Globo)

Um comentário:

giovane disse...

policiais mal preparados e arrogantes,esse goe é uma bosta só aparece quando é nessas ocasiões,quando ninguem precisa realmente,Ex:circo na prisão dos Nardoni.E nesse caso a aeronáutica ja fazia a perícia e esses bostas n sabem nem qual a diferença de helicoptero pra avião!!