quarta-feira, 27 de março de 2013

Nota da Petrobras sobre acidente com helicóptero na Bacia de Campos

A Petrobras informa que, na manhã desta quarta-feira (27/3), um helicóptero modelo BELL 412, cargueiro, da empresa Líder Táxi Aéreo, prefixo PT-HUW, realizou pouso controlado no mar, na Bacia de Campos, a cerca de 100 km da costa. A aeronave, que decolou do FPSO Cidade do Rio de Janeiro, se deslocava para a plataforma P-7, localizada no campo de Bicudo. O helicóptero permanece na superfície do mar, por meio do seu sistema de flutuadores.

Os três tripulantes da aeronave foram levados para a plataforma P-7, passam bem e aguardam desembarque. A Petrobras informou o incidente à ANP, Marinha e Aeronáutica. Será instaurada uma comissão para investigar as causas da ocorrência.

Fonte: fatosedados.blogspetrobras.com.br

Helicóptero com três tripulantes cai na Bacia de Campos, no RJ

Acidente foi na manhã desta quarta-feira (27) em Macaé.

Tripulantes conseguiram se salvar com bote salva-vidas.

Localização da Plataforma P-7 na Bacia de Campos

O Sindipetro-NF confirmou a queda de um helicóptero na Bacia de Campos, na cidade de Macaé, no Norte Fluminense. Segundo informações do sindicato, o acidente foi na manhã desta quarta-feira (27) próximo da Plataforma P-7. A aeronave da empresa de táxi aéreo Líder Aviação estava com três tripulantes e todos conseguiram acionar o bote salva-vidas e se salvar.

O helicóptero cargueiro chegou a acionar o flutuador e boiou na superfície, mas emborcou e afundou em seguida. Segundo a Líder, o acidente com a aeronave Bell 412, prefixo PT-HUW foi por volta das 10h40. 

Os dois tripulantes e um auxiliar de apoio operacional, que estavam a bordo, foram socorridos do bote por trabalhadores da P-7 e levados de volta para a plataforma. O estado de saúde dos tripulantes ainda não foi divulgado. Sobre o que poderia ter causado a queda, o Sindipetro informou que será preciso concluir as investigações.

Segundo o diretor de comunicação do Sindipetro, Marcos Breda, o órgão vai participar da investigação sobre o caso e espera uma medida para evitar novos acidentes. “O sindicato tem o direito de participar das comissões de investigação dos acidentes graves e fatais da Petrobras, a gente conseguiu isso desde a época do acidente da P-36.

O sindicato, há alguns anos, já vem denunciando problemas sobre estrutura aérea na Bacia de Campos. O último acidente com mortes na Bacia de Campos foi em setembro de 2011, na área de Macaé. De lá pra cá tivemos outras ocorrências, mas sem mortes e sempre debatemos isso com a Petrobras”, disse Breda em entrevista ao G1.

A equipe do G1 tentou contato com a assessoria da Petrobras, por telefone, mas até às 13h45 não conseguiu resposta. A empresa informou que vai se pronunciar por e-mail através de uma nota. A empresa Líder Aviação, responsável pela aeronave, disse já estar tomando as medidas necessárias.

“A aeronave realizou um pouso controlado na água, próximo à plataforma P-7 da Petrobras. Os três ocupantes da aeronave foram imediatamente resgatados e passam bem. O cargueiro da Petrobras, com os técnicos da Líder, já estão providenciando a retirada da aeronave e carga geral. Todas as medidas de averiguação estão em andamento e todos os órgãos competentes foram acionados. Reiteramos que todos os procedimentos de segurança, manutenção e treinamento encontram-se em dia e foram utilizados adequadamente”, disse a nota enviada pela assessoria de imprensa da Líder.

Às 14h e às 14h18, a assessoria da Petrobras entrou em contato com o G1 e informou que na verdade o helicóptero não caiu e sim fez um pouso controlado. A Petrobras disse ainda que a aeronave não está emborcada e está estabilizada no mar. A empresa ainda enviará uma nota com mais informações sobre o acidente.

Por outro lado, a assessoria da Líder Aviação, confirmou que a aeronave está emborcada e com a cabeça para baixo.

“A aeronave não caiu. O comandante controlou o pouso, acionando, intencionalmente, os flutuadores, como procedimento padrão previsto em manual da aeronave. O motivo real que levou o acionamento do procedimento será avaliado após o resgate da mesma. Após a aeronave flutuar na água, ela emborcou e está flutuando emborcada (cabeça para baixo), mas suportada pelos flutuadores . A aeronave será retirada ainda hoje para que as devidas investigações sejam realizadas”, disse a assessoria da Líder Aviação.

Clique AQUI e assista a reportagem.

Fonte: Priscilla Alves (G1 Norte Fluminense) - Imagens: Terra / Divulgação

Zumbis atacam helicóptero em pôsteres de Guerra Mundial Z

VALE A PENA VER AS IMAGENS



A Paramount Pictures divulgou dois novos pôsteres de “Gerra Mundial Z”, os primeiros a trazer os zumbis prometidos pela trama. E os mostra de forma nunca antes vista em filmes de terror, como uma onda morta-viva, formada por zumbis empilhados que se projetam aos céus até alcançarem um helicóptero.

Tratada como o início de uma franquia em potencial, a história de zumbis estrelada por Brad Pitt se revelou um terror de verdade. O filme passou por sete semanas de refilmagens após o final de sua produção, e teve seu final reescrito por um novo roteirista.

Originalmente programado para 21 de junho de 2012, o filme dirigido por Marc Forster (“007 – Quantum of Solace”) vai estrear no mesmo dia e mês, só que um ano depois – 21 de junho de 2013.


Fonte: Pipoca Moderna - Imagens: Reprodução

Gol reduzirá oferta de assentos em 10% no primeiro semestre

O presidente da Gol Linhas Aéreas, Paulo Kakinoff, afirmou nesta terça-feira que o cenário de redução de oferta de assentos poderá se estender para 2014, mas o executivo evitou fazer projeções para o ano que vem. O executivo participou de teleconferência para comentar os resultados da Gol no quarto trimestre.

A Gol ampliou a projeção de redução de oferta para o primeiro semestre deste ano de até 8%, divulgada no relatório de resultados do terceiro trimestre, para 10%.

Segundo Kakinoff, desde o terceiro trimestre 'a Gol havia informado que essa projeção era flexível', devido às condições do mercado, principalmente 'por causa da alta dos preços do combustível'.

Webjet

A Gol não pretende fazer provisões em seu balanço para eventuais perdas com indenizações por causa das demissões anunciadas recentemente na Webjet.

'Não podemos comentar essa questão por que ela está na Justiça. Mas estamos confiantes de que temos cumprido a decisão judicial', afirmou Kakinoff.

No dia 15 de março, a 23ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro determinou a reintegração de cerca de 850 funcionários da Webjet que foram demitidos em novembro, quando a Webjet foi extinta. A Justiça trabalhista também multou a Gol em R$ 1 milhão por 'dano moral coletivo'.

Fonte: Valor OnLine

Leia também: Gol e empresas de Eike Batista lideram prejuízos em 2012.

Polícia apreende alimentos que eram desviados de voos comerciais no Rio

Golpe começava no transporte dos produtos para o Aeroporto Tom Jobim.

Comida foi avaliada em R$ 10 mil; pelo menos 7 pessoas serão indiciadas.

Comida e bebida que sobrava de voos era desviada por quadrilha

Policiais da Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DAIRJ) apreenderam, na manhã desta segunda-feira (25), uma grande quantidade de produtos alimentícios que seriam utilizados para abastecer aeronaves de empresas de voos comerciais, no Galeão. Os produtos foram avaliados em R$ 10 mil e eram desviados por uma quadrilha que aplica o golpe da "sobra de voo".

De acordo com o delegado Luciano Coelho, titular da especializada, os alimentos que sobravam dos voos, após o abastecimento, eram capturados por uma quadrilha que conta com apoio de funcionários das empresas que prestam serviço terceirizado de transporte e outros funcionários que estão sendo identificados. A ação começava ainda no transporte dos produtos que vão abastecer as aeronaves, mas devido a falhas na fiscalização eles acabam sendo repassados para ambulantes.

Alimentos eram repassados para ambulantes 

“A ação criminosa inicia-se com a saída de um caminhão de transporte de uma empresa terceirizada que tem a função de levar produtos para os aviões. Ocorre que, devido às falhas de fiscalização e a não conferência do quantitativo das mercadorias, os caminhões retornam ou pelo menos deveriam retornar ao depósito, devolvendo os produtos que não foram embarcados. No trajeto, ao invés de o motorista da empresa de transporte ir direto para o depósito, dentro do próprio aeroporto, ele descarrega as mercadorias a terceiros, que adquirem esse material para vender no comércio ilegal de ambulantes”, explicou o delegado.

O golpe é aplicado pela quadrilha através de diversas empresas que realizam o transporte dos alimentos para várias companhias aéreas. A delegacia está identificando todos os envolvidos no crime e sete pessoas estão sendo indiciadas, inicialmente, por furto, receptação e formação de quadrilha. Os produtos apreendidos serão devolvidos para as empresas lesadas.

Produtos apreendidos foram avaliados em R$ 10 mil

Fonte: G1 Rio - Fotos: Divulgação/Polícia Civil

Obra de ampliação de Viracopos é retomada após morte de operário

Depois de 5 dias paradas, atividades reiniciaram parcialmente nesta quarta.

Áreas de trabalho em altura, içamentos e escavação seguem embargadas.

As obras de ampliação do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foram parcialmente retomadas na manhã desta quarta-feira (27) após cinco dias suspensas. Os trabalhos foram totalmente interrompidos por decisão do consórcio construtor do novo terminal depois da morte de um operário soterrado na sexta-feira (22). O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) embargou 50% das atividades do canteiro, em pontos de trabalho em altura, içamentos e escavação após fiscalização por causa do acidente.

A assessoria de imprensa da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, que administra o aeroporto, e do consórcio construtor afirma que a área onde as obras foram retomadas refere-se a serviços de superfícies, como terraplanagem, montagem do canteiro de obras e de alojamento, além de instalação de vigas. Os pontos embargados pelo MTE ainda passam por adequações, de acordo com o consórcio construtor.

O gerente regional do Ministério do Trabalho e Emprego, Sebastião Jesus da Silva, explicou que as atividades estão autorizadas a serem retomadas contanto que os locais de embargo sejam respeitados. O MTE aguarda o envio do projeto completo das obras de ampliação para agendar uma nova inspeção e definir se as outras áreas do canteiro serão liberadas.

Obra de ampliação de Viracopos é retomada de forma parcial
Foto: Reprodução/Câmera Aeroportos Brasil

O terreno onde ocorreu o soterramento irá abrigar o novo terminal de passageiros do Aeroporto de Viracopos com capacidade para receber 14 milhões de pessoas por ano. A previsão é que as obras sejam concluídas em maio de 2014, segundo a concessionária.

O novo prédio terá 28 pontes de embarque, um edifício-garagem com 4 mil vagas, novas pistas de taxiamento e um novo pátio para aeronaves. Segundo o presidente da concessionária, Luiz Alberto Küster, serão investidos R$ 2,06 bilhões nas obras.

Investigação

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar os crimes de homicídio culposo (sem intenção de matar) e lesão corporal após o acidente. O Ministério Público do Trabalho (MPT) já possui uma investigação aberta sobre irregularidades trabalhistas nas obras do aeroporto e informou que vai inserir o caso fatal desta sexta-feira no inquérito.

Área do canteiro de obras do Aeroporto de Viracopos
 onde houve o soterramento - Foto: Reprodução/EPTV

Fonte: G1 Campinas e Região

Corpos de vítimas de acidente aéreo são liberados pelo IML nesta quarta

Trabalho de identificação dos corpos durou 15 dias.

Acidente ocorreu no último dia 12 de março, em Almeirim, no Pará.


Após 15 dias de trabalho para identificar os corpos das vítimas do acidente aéreo ocorrido no último dia 12 de março, no município de Almeirim, na região noroeste do Pará, o Centro de Perícias Científicas (CPC) “Renato Chaves”, em Belém, libera os corpos para serem enviados às suas cidades nesta quarta-feira (27). 

Segundo o CPC, as vítimas já foram identificadas e serão liberadas e transportadas ainda nesta quarta às suas cidades. O trabalho de identificação foi realizado por meio de perícia de DNA e o transporte será de inteira responsabilidade da empresa de taxi aéreo Fretax.

Entenda o caso


Dez pessoas morreram após um acidente com um bimotor no município de Almeirim, na região noroeste do Pará, no último dia 12 de março. Dez funcionários da Cesbe, companhia de engenharia responsável pela construção da Usina Hidrelétrica Santo Antônio do Jari, estavam sendo levados para o local de construção da hidrelétrica, no estado do Amapá, mas o avião caiu ainda em território paraense, a 20 km do aeroporto de Monte Dourado, distrito de Almeirim.

O avião modelo Embraer 821-Carajá, prefixo PT-VAQ, da companhia de táxi aéreo Fretax, fretado pela Cesbe, saiu de Belém às 19h do dia 12, com dez pessoas a bordo – o piloto e mais nove trabalhadores da companhia.

Fonte e imagens: G1 PA

EUA fecharão 149 torres de controle aéreo para reduzir gastos


A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) vai fechar 149 torres de controle do tráfego aéreo a partir de 7 abril para cumprir as exigências estabelecidas por um programa de cortes automáticos de gastos.

Outras 40 torres que também tinham seu fechamento previsto permanecerão abertas, informou a agência em comunicado.

"Ouvimos das comunidades de todo o país sobre a importância de suas torres e essas foram decisões muito difíceis", disse o secretário dos Transportes, Ray LaHood.

"Infelizmente temos de enfrentar uma série de escolhas difíceis que temos de tomar para atingir os cortes exigidos pelas reduções automáticas de gastos."

Clique AQUI e veja a lista das 149 torres que serão desativadas [em .pdf]

Fontes: Doug Palmer (Reuters) - Imagem: CNN

Piloto de 29 anos faz pouso forçado de parapente na capital de SC

Acidente ocorreu no fim da tarde de segunda-feira (25).

Helicóptero do Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro.


Um homem que estava pilotando um parapente sofreu um acidente por volta das 17h15 desta segunda-feira (25) no Morro da Praia Mole, no Leste da Ilha de Santa Catarina. Ele foi atendido pelo Batalhão de Operação Aéreas (BOA) de Florianópolis. De acordo com o piloto, Diogo Bahia Losso, o helicóptero Arcanjo foi deslocado ao local para prestar os primeiros socorros.

Segundo o Arcanjo, o piloto de 29 anos estava sobrevoando o local e, ao perceber que iria cair, realizou um pouso forçado e bateu o pé em uma pedra. O local onde ele caiu fica próximo à pista onde os pilotos costumam pousar de parapente. Conforme Losso, o rapaz fraturou o pé direito. Ele foi atendido no local e encaminhado ao Hospital Celso Ramos, no Centro da capital catarinense.


Fontes: G1 SC / R7 - Foto: Batalhão de Operações Aéreas/Divulgação

'Passagens secretas', túneis de Curitiba eram abrigos antinazistas

Saídas subterrâneas foram usadas no período de guerras, diz pesquisador.

Túneis teriam saídas estratégicas para vários pontos da cidade.

Mapa mostra algumas das principais ligações dos túneis de Curitiba, segundo o pesquisador
Foto: Arte/RPC TV 

“É bem provável que exista alguma ligação secreta escondida. Até porque atrás do colégio fica o Círculo Militar, e o exército sempre teve essa estratégia subterrânea em toda a sua história”. É com essa afirmação que o pesquisador Marcos Juliano Ofenbock descreve uma das mais curiosas histórias de Curitiba.

Os túneis espalhados pela região do Mercês e Centro da cidade até hoje chamam a atenção de aficionados pelo tema. Há quem acredite que seja possível desvendar, através de escavações, os mistérios guardados por diversas gerações nessas passagens subterrâneas da capital paranaense.

Marcos conta que os túneis foram utilizados entre o período da primeira e segunda Guerra Mundial e teriam conexões entre o antigo Clube Concórdia (atual Clube Curitibano), e as igrejas Catedral, da Ordem, Rosário e Ruínas de São Francisco, no Largo da Ordem. Cada um desses túneis teria saídas estratégicas para outros lugares.

“Eu acredito que a conexão da Igreja Matriz [Catedral] foi utilizada pelo exército durante a Segunda Guerra Mundial e que conectava com o depósito de munição do exército que fica na esquina das Ruas Carlos Cavalcanti com a Rua Riachuelo”, diz Ofenbock.

O pesquisador argumenta que, em 2012, durante o período de reformas da Catedral, foi descoberto um poço sobre o chão do altar. “Ninguém sabe dizer o porquê deste poço. Na minha opinião era o respiradouro do túnel que foi alagado pelo exército”.

Segundo Marcos Juliano Ofenbock, essas passagens subterrâneas serviam para esconder tesouros, documentos, restos mortais e até mesmo para que imigrantes pudessem empreender fuga. “Eles precisavam dessa passagem secreta para uma possível invasão nazista, caso os alemães ganhassem a guerra na Europa e viessem para a América do Sul. Acho que a igreja poderia ser um local de reunião de líderes de uma possível resistência e distribuição de suprimentos”.

Empolgado, Marcos também fala da passagem no Colégio Estadual do Paraná (CEP). "Outro ponto da cidade que todos relatam que existe uma saída subterrânea é o CEP. O interessante é que a planta do colégio é a mesma da academia militar das Agulhas Negras (unidade de treinamento do Exército em Resende, no Rio de Janeiro), e o prédio possui um subterrâneo preparado para servir como abrigo antiaéreo”, explica Ofenbock.

Para o pesquisador, há chances de que tenham outras passagens secretas ainda dentro da estrutura do colégio. “Se essa construção foi baseada em um modelo militar, é bem provável que exista alguma ligação secreta escondida. Até porque atrás do colégio fica o Clube Círculo Militar, e o exército sempre teve essa estratégia subterrânea em toda a sua história”.

Túnel localizado no fundo do porão o Clube Curitibano sede Concórdia
Foto: Adriana Justi/G1

Sobre o antigo Clube Concórdia ele afirma que o túnel levava a dois lugares. “Uma conexão iria para as galerias do Largo da Ordem, e, a outra, em direção a Fundição Muller, onde atualmente está instalado o Shopping Muller”, explica.

Busca sem fim

Na busca por outras passagens subterrâneas, Juliano conta que já entrou em vários lugares da cidade. Entre eles estão os porões da Câmara de Vereadores e casarões antigos. Ele explica que o interesse em estudar os possíveis túneis, é apenas para resgatar a história da cidade. “Resgatar a história é uma coisa legal porque a gente resgata para as gerações futuras e para si próprio”.

Túnel localizado em uma das sedes do Clube Curitibano tem aproximadamente
 97 cm x 1,10 m de diâmetro - Foto: Adriana Justi/G1

O G1 foi até a sede do antigo Clube Concórdia citado pelo pesquisador e constatou que existe um porão com uma entrada para um túnel quem tem aproximadamente 97 cm x 1,10 m de diâmetro.

Segundo Claudio Mader, um dos associados do clube, há muitas histórias, mas não é correto afirmar nada com convicção. “Não sei até onde é história ou lenda. Desse porão sai um túnel perto do banheiro e termina num alicerce de uma construção feita entre 1956 e 1957. Dali para frente é suposição, mas não tem registro oficial disso em lugar nenhum”, conta.

Para Mader, os associados acreditam que existe muita chance de não existir túnel nenhum, tendo como base o desenvolvimento da cidade de Curitiba. “Se existisse esse túnel com conexão para outros lugares como a igreja Matriz, por exemplo, com todas as galerias de água e esgoto que se tem em Curitiba, já teria sido descoberto esse túnel”, pondera Claudio.

Segundo a assessoria de imprensa do Curitibano, o prédio foi construído muito antes da primeira Guerra (1914-1918). A data de fundação do clube é 1886. Diante disso, o associado não vê a possibilidade do túnel ter servido de abrigo para refugiados. "Essa construção é muito anterior a primeira guerra mundial, não tem nada a ver e a suposição que o túnel teria sido construído para esconder”.

O porão, que é atualmente é ocupado pelo bar do clube, antigamente era o espaço da cozinha. Os mantimentos eram guardados nesse local porque na época não havia geladeira, e o local era o mais bem ventilado entre os demais.

A assessoria de imprensa confirmou ainda que existem projetos de restauração da sede, recém-incorporada, mas não afirma que serão feitos investimentos para que se investigue a procedência do túnel. "Trata-se de um patrimônio cultural de Curitiba, e por isso, todo cuidado histórico é tomado para que a composição do prédio seja resguardada".

Fonte: Adriana Justi (G1 PR)

Embraer inaugura hangar para montagem de avião nos EUA

As aeronaves serão usadas para fornecer apoio aéreo, reconhecimento e capacidade de treinamento aos militares do Afeganistão.


A Embraer inaugurou nesta terça-feira as instalações de Jacksonville, na Flórida, onde a companhia montará os aviões do Programa LAS (Light Air Support), ou Apoio Aéreo Leve, para a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF, na sigla em inglês). De acordo com a empresa, as atividades já estão em andamento na preparação para as operações industriais. A entrega da primeira aeronave A-29 Super Tucano está programada para meados de 2014.

Em 27 de fevereiro, a USAF concedeu o contrato do programa LAS à Sierra Nevada Corporation (SNC) e à Embraer para o fornecimento de 20 aeronaves A-29 Super Tucano e dispositivos de treinamento em solo, treinamento de pilotos e de manutenção e apoio logístico, num negócio avaliado em 427,5 milhões de dólares. As aeronaves serão usadas para fornecer apoio aéreo leve, reconhecimento e capacidade de treinamento aos militares do Afeganistão.

As duas empresas já haviam vencido o mesmo contrato em 2011, mas a única concorrente na disputa, a norte-americana Beechcraft contestou a decisão e o governo norte-americano decidiu fazer nova licitação, vencida novamente pelas duas companhias. Após a USAF reiterar a escolha pelo Super Tucano, a concorrente apresentou um novo protesto contestando o resultado da licitação.

A Beechcraft, que acaba de sair de uma concordata, diz que com a opção pela Embraer, cerca 1,4 mil postos de trabalho no Kansas e em outros Estados norte-americanos estão em perigo, alegando que, com a decisão, a Força Aérea estaria transferindo a geração de empregos para o Brasil.

Em nota à imprensa, a Embraer destacou nesta terça que, por meio do programa LAS, a empresa e a Sierra Nevada darão suporte a mais de 1.400 empregos em mais de 100 empresas em todo o território americano. Salienta também que a sede americana da Embraer, localizada em Ft. Lauderdale, na Flórida, atualmente emprega mais de 1,2 mil pessoas nos EUA. Diz ainda que a empresa dará emprego ainda a mais 200 engenheiros, quando ficar pronto o novo Centro de Tecnologia e Engenharia, que está sendo construído em Melbourne, também na Flórida.

Nas instalações da Embraer de Jacksonville, num hangar de 3,716 mil metros quadrados no aeroporto da cidade, serão realizadas as etapas de pré-equipagem, montagens mecânica e estrutural, instalação e teste de sistemas e testes em voo para as aeronaves A-29.

Fonte: Veja.com (com Estadão Conteúdo) - Imagem: Divulgação/Embraer

Piloto está em estado gravíssimo após queda de avião agrícola em MT

Vítima está internada na UTI do Hospital Regional de Sorriso.

Acidente ocorreu nesta terça quando aeronave fazia pulverização em fazenda.


O piloto Claudio Felipe Formhel (foto acima), de 24 anos está internado em estado gravíssimo após sofrer um acidente de avião nesta-feira (26), na comunidade rural Barreiro, em Sorriso, a 420 quilômetros de Cuiabá. Ele encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da cidade e aguarda transferência para uma unidade de saúde de Cuiabá, com especialidade em neurocirurgia, já que sofreu traumatismo craniano. A vítima também teve ferimentos expostos na cabeça.



De acordo com a assessoria do Hospital Regional, o paciente passou por uma cirurgia na face por ter fraturado um dos ossos no acidente. Ele espera a liberação de uma vaga em uma unidade da capital e deverá ser removido em uma UTI aérea, que já foi solicitada pelo hospital onde encontra-se internado.

A aeronave fazia a pulverização de agrotóxicos em uma plantação quando caiu, segundo o Corpo de Bombeiros. O veículo ficou destruído com o impacto da colisão. Conforme os bombeiros, o estado de saúde da vítima se agravou por ter inalado o produto usado na pulverização. Por isso, deverá passar um procedimento de desintoxicação.

Após o acidente, o piloto foi socorrido por funcionários da propriedade rural e levado às pressas em uma caminhonete pela BR-163 até o hospital de Sorriso. “Nós encontramos o veículo na rodovia e demos prosseguimento ao atendimento. Aparentemente, o piloto sofreu um traumatismo craniano e teve uma fratura de mandíbula. Ele estava consciente quando o deixamos no hospital”, afirmou o sargento Djalma Ramos Oliveira, do Corpo de Bombeiros.

Fontes: Pollyana Araújo (G1 MT) / MT Notícias -  Fotos: Facebook / MT Notícias

Avião agrícola cai em fazenda e deixa piloto gravemente ferido em MT

Piloto perdeu controle e avião caiu durante pulverização de fazenda.

Ele sofreu traumatismo craniano e está hospitalizado em Sorriso.



O avião agrícola Embraer EMB-201 Ipanema, prefixo PT-GFF, que fazia a pulverização de uma fazenda caiu na tarde desta terça-feira (26) na comunidade rural Barreiro, região do município de Sorriso, a 420 quilômetros de Cuiabá. De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, o piloto, de 24 anos, ficou gravemente ferido devido ao impacto gerado pela queda da aeronave no solo, que ficou totalmente destruída.

O estado de saúde do piloto se agravou, informou o Corpo de Bombeiros, porque ele inalou o produto utilizado na pulverização. Ele terá que passar por um procedimento de desintoxicação.

Segundo o sargento Djalma Ramos Oliveira, que atendeu a ocorrência, a vítima foi socorrida de imediato por outros funcionários do estabelecimento rural e levada às pressas em uma caminhonete pela rodovia BR-163 até o hospital Regional de Sorriso.

“Nós encontramos o veículo na rodovia e demos prosseguimento ao atendimento. Aparentemente, o piloto sofreu um traumatismo craniano e teve uma fratura de mandíbula. Ele estava consciente quando o deixamos no hospital”, afirmou.

As causas do acidente aéreo serão apuradas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Clique AQUI e acesse mais informações e fotos do local do acidente.

Fontes: Dhiego Maia (G1 MT) / MT Notícias / Site Desastres Aéreos - Fotos: MT Notícias

terça-feira, 26 de março de 2013

Jovem é condenado a 30 meses de cadeia por apontar laser para avião


Um jovem de 19 anos foi condenado a 30 meses de prisão, nesta segunda-feira, por ter apontado um laser a um avião que pousava no aeroporto Burbank Bob Hope, na cidade de Burbank, na Califórnia (Estados Unidos) em março de 2012. As informações são da CNN.

O juiz Stephen Wilson considerou que Adam Gardherine apontou deliberadamente o raio para a aeronave, colocando a vida dos passageiros em risco. O piloto relatou incômodos no seu olho que duraram até o dia seguinte.

Em sua defesa, Gardherine alegou não ter ideia do risco de sua brincadeira. "Ele pegou o laser emprestado de amigos e não tinha ideia que o raio poderia alcançar a visão do piloto", declarou o advogado Sean Kennedy.

É o segundo caso de condenação desde que apontar lasers para aeronovaes se tornou um crime federal, em 2011. A medida foi tomada depois de um levantamento que mostrou que os casos do tipo saltaram de 300 incidentes, em 2005, para quase 3,6 mil, seis anos depois.

Fonte: Terra - Imagem: Reprodução

Indústria pedirá em reunião que Anac libere voo de 'drones' de menor porte

Levantamento inédito do G1 mostrou que vants voam no país sem regras.

Empresas querem classificação clara e liberação dos modelos de até 7 kg.

Drone Escorpião, da empresa gaúcha SkyDrones, pesa menos de 2 quilos

Representantes de empresas fabricantes de drones – veículos aéreos não tripulados (vant, na sigla em português) – têm reunião marcada para o dia 4 de abril com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para discutir a regulamentação para o uso civil e com fins comerciais deste tipo de equipamento no país. A objetivo inicial do setor é classificar os diferentes tipos de vants e flexibilizar as regras de operação para modelos de menor porte.

Na segunda-feira (25), levantamento inédito feito pelo G1 apontou que mais de 200 drones voam no Brasil sem regras definidas. O número foi obtido a partir de informações passadas por fabricantes, importadores, empresas e órgãos de governos estaduais.

Clique AQUI e continue lendo esta matéria.

Gol tem prejuízo de R$ 447,1 milhões no 4º trimestre de 2012

Em 2012, a companhia aérea registrou prejuízo líquido de R$ 1,512 bilhão.

Gol anuncia uma redução em sua capacidade doméstica entre -8% e -10%.

A Gol teve um prejuízo líquido de R$ 447,1 milhões no quarto trimestre de 2012, ante lucro líquido de R$ 54,3 milhões um ano antes, informou a companhia.

No ano de 2012, a companhia aérea registrou prejuízo líquido de R$ 1,512 bilhão, contra R$ 751,5 milhões em 2011.

Apesar dos resultados negativos, a Gol afirma que "se movimentou em resposta a esse cenário e reduziu a sua oferta doméstica em 5,4% no ano visando ajustar sua estrutura para um novo patamar de crescimento". 

De acordo com a companhia, os primeiros resultados dessas medidas foram alcançados durante o segundo semestre de 2012. "A Gol acredita que esse estratégia possibilitará a recuperação das margens operacionais no curto prazo."

No balanço, a Gol anuncia uma redução em sua capacidade doméstica entre -8% e -10% para o primeiro semestre de 2013. Para o ano de 2013 a redução é de cerca de 7%, em comparação com o mesmo período de 2012.

"Os resultados financeiros de 2012 refletem o cenário desafiador vivenciado pela indústria aérea nacional nos dois últimos anos com um aumento anual no preço de combustível em 18%, desvalorização do real frente ao dólar em 17% no ano, aumento acima de 30% nas tarifas aeroportuárias e baixo crescimento do PIB brasileiro", afirmou a Gol no demonstrativo de resultados.

Webjet

No quarto trimestre de 2012, a Gol registrou custos adicionais de R$ 197 milhões referentes ao fim das operações da Webjet, anunciado em novembro, o que impactou negativamente na alavancagem da empresa.

Segundo o diretor financeiro e de relações com investidores, Edmar Lopes, a recuperação esperada nas margens da empresa deve melhorar esse indicador. "Com recuperação de margens, a gente entende que situação de alavancagem vai se normalizar ao longo dos trimestres", afirmou em teleconferência com analistas, segundo a Reuters.

A Gol enfrenta problemas na Justiça devido à demissão de 850 funcionários da WebJet. Em meados de março, a empresa foi condenada a pagar multas pela Justiça do Trabalho em Brasília e do Rio de Janeiro, no valor de R$ 1 milhão cada, mas poderá recorrer da decisão.

Fonte: G1

Voo da Gol com destino a Belo Horizonte é cancelado em São Luís

Cancelamento teria ocorrido em virtude de "vazamento" em aeronave.

Passageiros foram encaixados em outro voo com destino a Brasília.


O voo 1081 da Gol foi cancelado na manhã desta segunda-feira (25), em São Luís. De acordo com os passageiros, a tripulação informou que um vazamento de ordem desconhecida teria abortado a decolagem do boeing 737 da companhia, que tinha saída prevista para 5h30.

Com destino ao Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, e escala em Brasília, o voo levaria passageiros a cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba. Já nas primeiras horas da manhã, o site da Infraero informava o status de "atraso técnico" para o 1081.

A companhia ainda teria anunciado reparos na aeronave e previsão de saída para 9h00 e 11h00 posteriormente, mas acabou encaixando os passageiros em outro voo com destino a Brasília. De lá, eles seriam encaminhados aos seus destinos finais. De acordo com os passageiros, foram mais de cinco horas de espera.

O G1 entrou em contato por e-mail com a assessoria de comunicação da Gol. Por meio de nota enviada por volta de 11h30, a companhia informou que o atraso ocorreu em virtude da necessidade de manutenção em uma das mangueiras do sistema hidráulico da aeronave, esclarecendo, ainda, que já tomou providências para o atendimento aos passageiros prejudicados.

Confira a nota na íntegra:

São Paulo, 25 de março de 2013 – A GOL informa que o atraso no voo G3 1081, entre São Luis, Brasília e Belo Horizonte, foi decorrente da necessidade de manutenção corretiva em uma das mangueiras do sistema hidráulico da aeronave. Aos clientes, a companhia está oferecendo o atendimento necessário, conforme o que determina a legislação vigente.

A GOL esclarece que preza pelos mais altos padrões de segurança, de maneira que eventuais cancelamentos ou alterações de horários de voos por manutenções corretivas são procedimentos necessários às operações aéreas. A companhia lamenta que essas medidas causem desconforto aos passageiros, mas reitera que ações como essa visam garantir a segurança da operação, item prioritário de sua política de gestão.

A Agência Nacional de Avião Civil (Anac) informou que recebe reclamações por meio do serviço 24h na internet ou pelo telefone 0800-44-45.

Fonte: G1 MA - Foto: Divulgação

MPF aciona prefeitura de São Luís para evitar riscos de acidentes aéreos

Ação pretende que prefeitura tome medidas para reduzir choques com aves.

Entre as medidas, a limpeza das áreas próximas ao aeroporto.

Em fevereiro, o voo 3183 teve que ser interrompido após choque com uma ave

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF-MA) propôs uma ação civil pública contra o município de São Luís, para reduzir o risco de acidentes aéreos provocados pela colisão entre aviões e aves que circulam nos arredores do Aeroporto Marechal Cunha Machado.

De acordo com a Procuradoria da República, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) identificou diversos pontos que são atrativos de aves, especialmente urubus, no entorno do aeroporto, como depósitos irregulares de lixo, granjas e matadouros.

Ainda segundo o MPF, apesar da notificação do município, os problemas persistem. Entre as medidas solicitadas na ação, o Ministério Público Federal quer que a prefeitura faça a limpeza das áreas próximas ao aeroporto e adote medidas para evitar o funcionamento dos depósitos de lixos irregulares.

Em fevereiro, uma ave colidiu com a aeronave do voo JJ 3183 da TAM, forçando o comandante a retornar ao aeroporto Hugo da Cunha Machado e realizar o processo de aterrissagem.

Ações

Em outro processo que tramita na Justiça Federal do Maranhão, o MPF acionou o município de Paço do Lumiar, com o objetivo de sanar problemas parecidos ocasionados pelo Aterro de Paço do Lumiar. O Ministério Público Estadual, através da Promotoria de Meio Ambiente, também acionou o Estado do Maranhão, o município de São Luís e a extinta Companhia de Limpeza e Serviços Urbanos (Coliseu), e obteve decisão da Justiça Estadual determinando diversas providências para corrigir o risco em função da presença de aves nos arredores do aterro da Ribeira.

Fonte: G1 MA - Foto: De Jesus/O Estado

Leia também:

Urubus são constantes ameaças a aeronaves no aeroporto de São Luís.

Avião civil é atingido no noroeste da Síria

Um avião civil foi atingido nesta segunda-feira (25) por disparos de baterias antiaéreas quando sobrevoava a região de Idleb no noroeste da Síria, informou o Observatório Sírios dos Direitos Humanos (OSDH).

A organização com sede na Grã-Bretanha, que se baseia em uma rede de militantes e fontes médicas e militares, não soube informar detalhes sobre avião ou se ele caiu.


'Uma fumaça negra surgiu de uma aeronave civil depois de ter sido alvo de baterias antiaéreas ao norte da cidade de Al-Maaret Noomane ,na província de Idleb', disse o OSDH.

O presidente do OSDH, Rami Abdel Rahman, indicou à AFP que testemunhas viram a aeronave descer lentamente, mas não souberam informar se o avião caiu.

Abdel Rahman afirmou que dois aviões civis já tinham sido alvos no passado no leste e no norte por rebeldes, sob suspeita de transportar equipamento militar para o Exército.

'Nós não sabemos se transportava civis ou carregamento militar', declarou Rahman sobre o avião atingido nesta segunda-feira.

Enquanto isso, o Exército retomou o controle de grandes áreas do simbólico bairro de Baba Amr, na cidade de Homs (centro), duas semanas após o ataque rebelde contra esta localidade, palco dos combates mais violentos em 2012.

'Os violentos confrontos entre o Exército e os rebeldes dos últimos dias agora estão se concentrando na periferia de Baba Amr', segundo o OSDH.

A Força Aérea, a principal arma do regime de Bashar al-Assad, lançou nesta segunda contra-ataques em várias regiões por toda a Síria, incluindo Idleb, onde dezenas de pessoas ficaram feridas após o bombardeio da localidade de Kafartkahrim.

Ao menos 68 pessoas morreram nesta segunda-feira - 25 civis, 25 rebeldes e 18 soldados - em bombardeios e combates, de acordo com uma avaliação preliminar do OSDH.

Fonte: AFP - Mapa: Reprodução

'Achei que íamos pousar no meio do mato', diz passageiro de voo em pane

Piloto liberou máscaras de oxigênio em trajeto entre Salvador e Campinas.

Servidor público relatou pânico de pessoas a bordo ao VC no G1.

Piloto libera máscaras de oxigênio em voo entre Salvador e Campinas

A liberação das máscaras de oxigênio durante um voo da Azul Linhas Aéreas causou pânico entre os passageiros no dia 19 de março. Segundo o servidor público José Carlos Araujo, que enviou foto ao VC no G1, o avião partiu do Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador (BA), com destino ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). Após passar Belo Horizonte (MG), o piloto acionou o alerta de atar os cintos e avisou os passageiros de uma 'queda rápida'. "Foram minutos de pânico até que o piloto conseguisse voltar e fazer um pouso de emergência", conta.

José Carlos Araujo trabalha no campus de Piracicaba (SP) da Universidade de São Paulo (USP) voltava de uma viagem de férias na capital baiana com a esposa e irmã e acompanhava pelo monitor da poltrona o trajeto do jato da Embraer com cerca de 120 pessoas a bordo. "Estávamos a 9,6 mil metros de altitude e com velocidade de quase 800 km/h quando o comandante avisou que teríamos uma queda rápida. Em pouco tempo, já estávamos a 2 mil metros de altitude. Achei que íamos pousar no meio do mato", descreve. 

O piloto alternou o voo para o Aeroporto de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde a aeronave pousou por volta das 16h30. A esposa e a irmã do internauta passaram mal após o pouso e precisaram ser atendidas no posto médico do terminal porque tiveram arritmia cardíaca. Os passageiros foram remanejados para um voo da Trip, que partiu a meia-noite de Confins e chegou em Viracopos na madrugada do dia 20 de março.

Apesar de terem recebido alimentação no período em que ficaram no aeroporto, a família do servidor reclama da falta de detalhes dados pela companhia aérea após o ocorrido. "Não deram nenhuma explicação", reclama.

Nota da Redação: Em nota, a Azul Linhas Aéreas informou que o voo 4065, que fazia o trajeto entre Salvador e Campinas no dia 19 de março, teve que alternar sua rota para o aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, por causa de problemas técnicos. A companhia aérea afirma que os passageiros receberam todo o auxílio necessário e foram reacomodados em outros voos da companhia e de empresas parceiras.

A Azul também lamentou os transtornos causados aos clientes, mas ressaltou que ações como essa são necessárias para conferir a segurança de suas operações.

Fonte e foto: José Carlos Araujo Internauta, Piracicaba, SP para o G1

Avião bimotor faz pouso de emergência em Fonte Boa, no AM

Aterrissagem ocorreu na tarde desta segunda (25).

Não houve registro de feridos no incidente.


Um avião bimotor Beech 95-B55 Baron, prefixo PT-KIL, precisou fazer um pouso de emergência na cidade de Fonte Boa, a 678 Km de Manaus, no Amazonas. A aterrissagem ocorreu por volta das 11h30 desta segunda-feira (25). Nenhum dos dois tripulantes ficou ferido.

O bimotor havia saído de Manaus com destino aos municípios de Fonte Boa e Tonantins, a 865 Km da capital do Amazonas.

O piloto e copiloto não quiseram gravar entrevista, mas afirmaram em depoimento à polícia que a aeronave apresentou um problema no trem de pouso. O avião, segundo depoimentos dos passageiros, transportava dinheiro para os dois municípios amazonenses.

Clique AQUI e assista a reportagem.

Fonte: G1 AM / Site Desastres Aéreos - Imagens: Reprodução da TV

Agência de aviação dos EUA pode afrouxar regras sobre uso de eletrônicos em voo

Se você está sentado em um avião no portão de embarque e lendo esta coluna em um aparelho eletrônico, você está prestes a ouvir oito palavras temidas: "Por favor, desligue os aparelhos eletrônicos para a decolagem." Mas, no próximo ano, você poderá ouvir algo muito diferente: "Por favor, coloque seus dispositivos em 'modo avião' para a decolagem."

De acordo com pessoas que trabalham com um grupo de trabalho da indústria formado pela FAA, a administração federal de aviação dos EUA, criado no ano passado para estudar o uso de dispositivos eletrônicos portáteis em aviões, a agência espera anunciar até o fim deste ano que vai relaxar as regras para dispositivos de leitura durante decolagem e pouso. A mudança não inclui celulares.

Tony Drockton usa seu computador dentro de avião no aeroporto John F. Kennedy, em Nova York

Um dos membros do grupo e um funcionário da FAA, que pediram anonimato porque não estavam autorizados a falar publicamente sobre discussões internas, afirmaram que a agência estava sob enorme pressão para deixar as pessoas usarem dispositivos de leitura em aviões ou para fornecer uma sólida evidência científica sobre por que elas não podem fazê-lo.

Como escrevi em 2011, os viajantes são aconselhados a desligar seus iPads e Kindles para decolagem e pouso, embora não haja ainda nenhuma prova de que esses dispositivos possam afetar a operação do avião. Para aumentar a confusão, a FAA permite que os passageiros usem barbeadores elétricos e gravadores de áudio durante todas as fases do voo, apesar de estes gerarem mais emissões eletrônicas do que tablets para leitura.

Procurada, a FAA não quis comentar o assunto.

No ano passado, a agência anunciou que um grupo de trabalho estudaria a questão. O grupo, que se reuniu pela primeira vez em janeiro, é formado por pessoas de várias indústrias, incluindo a Amazon, a Consumer Electronics Association, a Boeing, a Associação de Comissários de Bordo, a FCC (Comissão Federal de Comunicações) e fabricantes de aeronaves.

O grupo planeja apresentar as suas conclusões até 31 de julho. O grupo tem vários objetivos além de determinar a segurança de produtos eletrônicos em aviões, de acordo com um documento interno ao qual o "New York Times" teve acesso. Estes incluem assegurar que os comissários de bordo não têm que ser a polícia social para definir quais dispositivos são aceitáveis durante o voo e determinar o que o termo "modo avião" realmente significa. Finalmente, o grupo quer garantir que as regras que a agência anunciar se apliquem a dispositivos que não estão no mercado hoje.

O relatório também espera substituir várias regulamentações com um conjunto único e conciso.

Para garantir que a FAA siga adiante com sua promessa de flexibilizar as regras, a senadora Claire McCaskill, democrata do Missouri, disse que planeja responsabilizar a agência pela introdução de legislação.

Em entrevista por telefone, McCaskill disse que estava frustrada com a posição da FAA sobre dispositivos depois que soube que a agência agora permite iPads como manuais de voo no cockpit e posteriormente deu dispositivos para alguns comissários de bordo com informações sobre os procedimentos de voo.

"Então não há problema em ter iPads no cockpit, é OK para assistentes de voo --e eles não estão em pânico--, mas ainda não é OK para o público que viaja", disse ela. "Uma cópia voadora de 'Guerra e Paz' é mais perigosa do que um Kindle."

Nos últimos meses, Julius Genachowski, presidente da FCC, enviou uma carta (abaixo) para a FAA instando-a a permitir o uso de eletrônicos em aviões. Sindicatos de pilotos de avião, coligações de viagens e agências de viagens também pediram que a agência mude as regras. Também houve mais episódios de passageiros indisciplinados que foram presos ou tirados de aviões por se recusarem a desligar seus celulares ou iPads. 


McCaskill se reuniu neste mês com Genachowski, que disse na sexta-feira (22) que vai deixar a comissão em breve, para discutir a regra. Após a reunião, ela disse: "A ideia de que o uso de dispositivos eletrônicos em voos para coisas como a leitura de um livro representa uma ameaça para a segurança dos passageiros de avião é infundada e ultrapassada".

A questão cresce em importância à medida que mais americanos embarcam em voos com computadores vestíveis. As pessoas estão voando com eletrônicos como a FuelBand, da Nike, o Jawbone Up e o FitBit, que rastreiam a atividade diária do usuário. Mas, em pouco tempo, haverá passageiros com óculos do Google e com um iWatch, da Apple.

Você pode imaginar os pilotos mandando as pessoas desligarem seus óculos antes da decolagem?

"Nós vamos começar a elaborar a legislação que ditará essas mudanças", disse McCaskill, acrescentando que a FAA estava se movendo muito lentamente. Ela disse que tem se reunido com vários partidos e encurralando apoio bipartidário para a ação no Congresso. "Vamos esperar que não seja necessário, mas eu estarei à procura de meios para conseguir mudar isso."

Fonte: Nick Bilton (The New York Times) via jornal Folha de S.Paulo - Fotos: Uli Seit/The New York Times / Reprodução

Turista espanhola agride polícial ao ser expulsa de avião


A passageira, que viajava num voo proveniente de Maiorca, na Espanha, com destino a Faro, em Portugal, apresentava indícios de embriaguez, não tendo acatado ordens da tripulação.

Já no aeroporto depois de a polícia a ter ido buscar ao avião, deu duas bofetadas a um agente e foi detida. Será presente hoje a tribunal na capital algarvia.

A turista espanhola, de 50 anos, foi detida ontem, segunda-feira (25), cerca das 16.00 (hora local), no Aeroporto de Faro devido a insultos e agressões a um agente da Polícia de Segurança Pública (PSP), após ter sido expulsa do avião em que viajava, na sequência de "comportamentos impróprios" para com elementos da tripulação, segundo estes, "não respeitando ordens e colocando em risco a segurança" do voo.

Fonte do Comando Distrital de Faro da PSP disse ao DN que a passageira, com "indícios de embriaguez", foi levada por agentes desde o avião, num voo proveniente de Maiorca com destino à capital algarvia, para o interior do aeroporto. 

"Na aerogare, começou a insultar os agentes da PSP e agrediu um deles com duas bofetadas", contou a fonte policial.

A mulher, que viajava sem companhia, encontra-se detida nas instalações da PSP no Aeroporto de Faro e será presente, na terça-feira, ao tribunal desta cidade para aplicação de medidas de coação.

Fonte: Diário de Notícias (Portugal) - Foto via gaudencionabos.blogspot.com

Embraer e FAB concluem revisão de projeto KC-390


A Embraer informou nesta segunda-feira que concluiu, junto com a Força Aérea Brasileira (FAB) a revisão crítica de projeto do jato de transporte militar KC-390, e irá agora iniciar a fase de produção do protótipo. 

"Concluímos uma etapa importante do Programa KC-390 e, desta forma, prestamos contas à FAB do trabalho realizado. Vamos agora iniciar a fase de produção dos protótipos", disse Luiz Carlos Aguiar, presidente-executivo da Embraer Defesa & Segurança, em nota enviada à imprensa.

Segundo a fabricante brasileira, durante a revisão foram confirmadas as configurações aerodinâmica e estrutural definitivas, assim como a arquitetura e a instalação dos sistemas, caracterizando a maturidade do projeto para o início do projeto detalhado e fabricação das aeronaves protótipos.

A Embraer informou que "a fabricação das primeiras peças dos protótipos será iniciada em breve".

O primeiro voo do KC-390, maior avião já construído pela indústria aeronáutica brasileira, está previsto para o segundo semestre de 2014.

Fonte: Roberta Vilas Boas (Reuters) via G1 - Imagem: Divulgação

Coreia do Norte ameaça atacar Guam, Havaí e continente dos EUA


A Coreia do Norte ordenou a seu exército nesta terça-feira que fique a postos para o combate e determinou que as unidades de mísseis estratégicos estejam preparadas para possíveis disparos contra o continente dos Estados Unidos, assim como contra as ilhas do Havaí e Guam, no Pacífico.

Pyongyang já havia ameaçado na quinta-feira passada atacar as bases militares americanas no Japão e Guam, como resposta aos voos de treinamento dos caças americanos B-52 na Coreia do Sul.

A tensão na Península Coreana aumentou consideravelmente com as múltiplas ameaças do Norte de uma resposta armada às manobras conjuntas do Sul e dos Estados Unidos, além das sanções da ONU após o teste nuclear norte-coreano de fevereiro.

Um comunicado do comando supremo do Exército Popular da Coreia, divulgado pela imprensa estatal, ordenou a 'todas as tropas de artilharia, incluindo as unidades de mísseis estratégicos e as unidades de artilharia de longo alcance, que sejam colocados em preparação para combate de classe A'.

As unidades devem estar preparadas para atacar 'todas as bases militares americanas na região Ásia-Pacífico, incluindo o continente dos Estados Unidos, Havaí e Guam', assim como na Coreia do Sul, afirma o comunicado, divulgado pela Agência Central de Notícias Coreana.

Segundo um porta-voz do ministério da Defesa da Coreia do Sul, 'até o momento não houve nenhum movimento de tropas excepcional'.

A presidente sul-coreana, Park Geun-hye, advertiu a Coreia do Norte que o 'caminho para sobreviver' inclui o abandono dos programas nucleares e de mísseis, em uma cerimônia em memória aos marinheiros da corveta 'Cheonan'.

Em março de 2010, 46 marinheiros sul-coreanos morreram em um ataque contra a corveta 'Cheonan', atribuído por uma investigação internacional a Pyongyang, que nega.

A China afirmou 'esperar que as partes atuem com moderação para atenuar a tensão'.

Apesar do lançamento com êxito de um foguete de longo alcance em dezembro - que a Coreia do Sul e seus aliados consideraram um teste de míssil balístico -, analista acreditam que Pyongyang ainda precisa de muitos anos para desenvolver um verdadeiro míssil intercontinental que possa atingir o território dos Estados Unidos.

Havaí e Guam também estariam fora do alcance de seus mísseis de médio alcance, que no entanto seriam capazes de atacar as bases militares americanas na Coreia do Sul e Japão.


O líder norte-coreano Kim Jong-Un (na foto acima, com o binóculo) realizou nas últimas semanas visitas de inspeção a unidades de forças que estão posicionadas perto da linha divisória com a Coreia do Sul.

A linha divisória de fato (a chamada Linha Limítrofe Norte) não é reconhecida por Pyongyang, sob a alegação de que foi unilateralmente determinada pelas forças da ONU depois da guerra da Coreia, entre 1950 e 1953.

No sábado, a agência oficial KCNA informou que Kim, que fez uma visita de inspeção a uma unidade das forças especiais, ordenou uma ação 'na velocidade da luz' no caso do início de uma guerra.

Fonte: AFP via G1

Leia também:

USP de São Carlos ensina na internet como fazer aeronaves não tripuladas

Fazer o próprio vant pode ficar até cem vezes mais barato que comprar.

Professor diz que material é acessível e pode ser encontrado facilmente.


A Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos (SP), lançou um projeto para confecção de veículos aéreos não tripulados, os vants. Qualquer interessado pode aprender o passo a passo pela internet e de graça. Fazer o próprio vant pode sair até 100 vezes mais barato que comprar um no mercado, segundo os desenvolvedores do projeto.

“Um equipamento desse hoje usa componentes utilizados em celulares, não existe nada de especial na parte de controle. E a construção da aeronave em si foi usando os materiais de mais baixo custo possível e mais acessíveis a um público geral”, comentou o professor da USP, Onofre Trindade Júnior.

Um dos veículos feitos com ajuda do projeto é um vant batizado de Ararinha. Uma aeronave-robô feita com pedaço de vara de pescar. As asas são de isopor e no tanque de combustível cabem 300 mil mililitros de etanol, que dão autonomia de 45 minutos de voo.


A tecnologia de ponta foi desenvolvida no Brasil e o projeto foi idealizado pela USP e por uma empresa de São Carlos, para que a tecnologia possa alcançar mais interessados. “A ideia é realmente a de quebrar esse paradigma, de que a tecnologia é difícil, complexa e difícil de replicar”, afirmou o gerente de projetos, Luciano de Oliveira Neris.

Os tipos de motores, a potência e o passo a passo é descrito com detalhes e disponibilizado no site. “A pessoa está na casa dela, lendo, estudando na internet, vai conseguir montar sozinho o seu próprio avião ou sua própria tecnologia de tudo que a gente criar e disponibilizar nos fóruns do site”, explicou o estudante Jean Lucas Cabreira.

Clique AQUI e assista a reportagem.

Fonte: G1 São Carlos e Araraquara - Fotos: Marlon Tavoni/EPTV

Boeing realiza voo de 2 horas com avião 787 para checar sistemas




A Boeing realizou um voo de duas horas nesta segunda-feira (25) utilizando uma aeronave modelo 787 da LOT Polish Airlines, que será seguido de testes nos próximos dias de certificação durante voo e no solo das mudanças propostas para a bateria de íon-lítium do jato.

O voo desta segunda foi usado para validar todos os sistemas na aeronave e ver se estavam funcionando como previsto, disse o porta-voz da Boeing Marc Birtel. O 787 teve os voos suspensos desde meados de janeiro após falhas na bateria em dois aviões diferentes.

Após os dados do voo serem analisados, a Boeing irá preparar uma demonstração em solo e de voo com o objetivo de certificar as mudanças propostas para o sistema de baterias, um importante passo para conseguir a permissão da Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) para que o avião volte a voar comercialmente.


Separadamente, o Conselho Nacional de Segurança no Transporte dos EUA (NTSB, na sigla em inglês) disse que irá realizar um fórum de dois dias em 11 e 12 de abril para examinar o design e o desempenho das baterias de íon-lítium no transporte, uma revisão desencadeada pelas falhas nos dois aviões 787 em janeiro. 

Fonte: Andrea Shalal-Esa (Reuters) - Fotos: Divulgação

Escalas de Dilma no exterior custaram R$ 433 mil aos cofres públicos

Gastos ocorreram em visitas sem compromissos oficiais; total de despesas em viagens presidenciais soma R$ 11,6 milhões.


Escalas em viagens internacionais da presidente Dilma Rousseff em que ela não teve compromissos oficiais e, em alguns casos, realizou passeios turísticos custaram R$ 433 mil aos cofres públicos.

O valor inclui despesas apenas com hospedagem e diárias em visitas a Atenas (Grécia), Praga (República Tcheca) e Granada (Espanha), que ocorreram durante escalas de viagens de Dilma e sua comitiva à Ásia. 

Dados do Ministério de Relações Exteriores obtidos pela BBC Brasil por meio da Lei de Acesso à Informação revelam ainda que as 35 viagens presidenciais em 2011 e 2012 custaram R$ 11,6 milhões. Desse montante, R$ 7,8 milhões se referem a gastos com hospedagem e R$ 3,8 milhões a despesas com diárias, item que inclui alimentação e transporte. Os valores incluem também gastos com a preparação das viagens.

A viagem sem compromissos oficiais de Dilma mais cara, ao custo de R$ 244 mil, foi para Atenas, em abril de 2011. A presidente e sua comitiva passaram uma noite na capital grega antes de prosseguir para a China. 

Na ocasião, ela visitou o Partenon, um dos principais pontos turísticos do país, e fez visita de cortesia ao então premiê George Papandreou. Interpelada por jornalistas, ela se recusou a responder perguntas, dizendo estar 'a passeio'.

Na volta da viagem à China, Dilma parou em Praga. A escala, que durou duas horas, custou R$ 75 mil.

Em março de 2012, a presidente voltou a fazer escala prolongada em viagem à Ásia. Antes de ir à Índia para uma cúpula dos Brics, ela passou por Granada, cidade turística no sul da Espanha.

Acompanhada pelos ministros Aloízio Mercadante (Educação) e Antonio Patriota (Relações Exteriores), Dilma visitou a Alhambra, complexo de palácios de arquitetura mourisca considerado patrimônio da humanidade pela Unesco.

A viagem, que durou cerca de sete horas, custou R$ 89 mil. Os gastos da comitiva que acompanhou o ministro de Relações Exteriores somaram outros R$ 24,5 mil.

Clique AQUI para continuar lendo esta matéria da  BBC.